Na natureza, enquanto alguns animais usam suas cores como mecanismo de camuflagem, outros devem usá-la como uma forma de ser tornarem os ícones do glamour selvagem. Algumas espécies, como os porcos domésticos e os flamingos, têm como uma de suas características mais marcantes o fato de serem cor-de-rosa.

No entanto, existem outros organismos por aí que, apesar de serem menos conhecidos, também esbanjam seu colorido em seus habitats. Confira 5 espécies de animais cor-de-rosa que existem na natureza:

5 – Axolote

O axolote, nome popular da espécie Ambystoma mexicanum, é uma salamandra que mais parece um Pokémon. Ele também é conhecido como "peixe-andarilho-mexicano", mesmo não sendo um peixe, e não passa da fase larval. Além disso, é capaz de se autorregenerar, por isso é amplamente utilizado em laboratórios.

O axolote selvagem correu risco de extinção em 2010, devido à urbanização pesada da Cidade do México, local onde ele é comumente encontrado. A "versão" cor-de-rosa do bicho é uma mutação, já que sua cor mais comum é marrom.

4 – Esperança

A esperança comum é um dos melhores exemplos de insetos que utilizam sua cor como um mecanismo de camuflagem: aliada ao seu formato, que lembra muito uma folha, a cor verde faz com que o bichinho fique praticamente invisível em meio à folhagem.

Ela é, entretanto, uma das espécies sujeitas a uma condição genética chamada "eritrismo", que dá uma pigmentação avermelhada à pele, aos pelos, às penas ou a insetos inteiros, como no caso da esperança – assim, ela fica completamente cor-de-rosa.

3 – Lagartixa-de-areia-da-namíbia

Esse bicho boa-pinta aí da foto é uma lagartixa encontrada nos desertos da África, mais especificamente na Namíbia – o que lhe rendeu o criativo nome de lagartixa-de-areia-da-Namíbia. Por ficar sempre na areia quente, ele é conhecido por ficar com o corpo e a cauda levantados para evitar que queimem.

Outra adaptação supermaneira são as membranas nas patas, que impedem que o bichinho afunde na areia. A lagartixa ainda consegue emitir uns barulhos estranhos para espantar possíveis predadores. O mais estranho – e interessante –, no entanto, é que ela não tem pálpebras e precisa lamber os olhos para mantê-los úmidos.

2 – Boto-cor-de-rosa

Personagem que inspirou uma das principais histórias de folclore aqui no Brasil, o simpático mamífero é um golfinho de água doce que infelizmente está ameaçado de extinção em função da caça e da destruição de seu habitat.

A coloração pode variar, dependendo do rio em que vivem: se a água for muito turva, eles tendem a ser mais rosados que aqueles que vivem em rios mais claros.

1 – Mariposa-elefante

Apesar de não ser o bichinho mais popular para muita gente, a mariposa pode ficar bem mais simpática quando é cor-de-rosa. Esta espécie – uma das 1,4 mil que existem – é chamada de mariposa-elefante e é uma das únicas que conseguem ficar estáticas no ar, como os beija-flores. Se não bastasse, é um dos insetos que voam mais rápido no mundo todo, podendo ultrapassar os 19 quilômetros por hora.

Você conhece algum outro animal cor-de-rosa? Comente no Fórum do Mega Curioso