As 10 armas mais bizarras e mortais do mundo na antiguidade

Você certamente não gostaria de confrontar alguém que estivesse portando alguma dessas armas cruéis
Por em
Fonte da imagem: Reprodução/Shutterstock As 10 armas mais bizarras e mortais do mundo na antiguidade

Há séculos que os homens criam instrumentos para machucar, torturar e matar os seus inimigos, muitos antes das pistolas modernas que acabam com as pessoas com alguns tiros. Antigamente existiam armas que possuíam métodos mais lentos e dolorosos que certamente nenhum de nós quer passar. Veja quais são alguns desses modelos sinistros (se você conhecer mais armas estranhas e cruéis, compartilhe com a gente nos comentários):

1 – Zhua

Fonte da imagem: Reprodução/Deadliest Warrior

Caracterizada por ser uma mão de ferro, o Zhua (que em tradução literal quer dizer garra) foi utilizado na China nos tempos imperiais. Esse utensílio insano era usado para arrancar a pele e determinadas partes dos corpos das pessoas, podendo ser extremamente lento e doloroso ou mais rápido. Quando empunhado por soldados habilidosos, pessoas podiam ser derrubadas de cavalos ao ficar presa nas garras (ou nos dedos) do Zhua.

2 – Katar

Fonte da imagem: Reprodução/Deadliest Warrior

O Katar tem origem indiana e é composto por um tipo de bracelete ligado com lâminas afiadas (normalmente três), como se formasse uma extensão do braço. Bastante utilizado por mercenários na antiguidade, com o Katar era possível executar as vítimas rapidamente em silêncio e com precisão. Eles também eram desenhados para perfurar armaduras e permitiam ataques mais rápidos.  

3 – Urumi

Fonte da imagem: Reprodução/Deadliest Warrior

Em alguns locais conhecido como Aara, esse utensílio mortal também possui origem indiana. Trata-se de uma espada longa (que em alguns casos pode chegar até impressionates três metros de comprimento), porém que é bastante flexível. Como o aço utilizado aqui é bastante maleável, os ataques desferidos com ela são semelhantes aos ocasionados por um chicote, porém muito mais graves.

4 – Ninho de Abelhas

Fonte da imagem: Reprodução/Deadliest Warrior

O Ninho de Abelhas é um tipo de armamento chinês no formato de um tubo hexagonal com um total de 32 flechas. Aparentemente inofensivo, as 32 flechas podem ser disparadas simultaneamente no alvo ao serem acionadas com fogo, como se fossem pequenos foguetes. Com 32 flechas voando em sua direção, é bastante improvável que você consiga escapar vivo se for atacado.

5 – Chukonu

Fonte da imagem: Reprodução/Deadliest Warrior

Outra criação dos chineses, o Chukonu é praticamente um ancestral do rifle automático. O suporte de madeira superior permite que dez flechas sejam alocadas, automaticamente entrando em posição quando as outras são disparadas. Em média, as dez flechas podiam ser disparadas em só 10 segundos, ocasionando um estrago bastante grande e poupando tempo de ataque (os arqueiros demoravam muito mais). Para piorar, as flechas carregavam doses de veneno.

6 – Chakram

Fonte da imagem: Reprodução/Deadliest Warrior

O Chakram é originário da Índia e pode ser extremamente fatal. Essa arma circular é bastante afiada nas pontas e quando é arremessada pode cortar membros de suas vítimas com certa facilidade. Contudo, para manuseá-la corretamente é preciso possuir bastante habilidade. Esse círculo mortal de aço possui normalmente 30 centímetros de diâmetro e sempre é arremessado na vertical.

7 – Tesouras Gladiadoras

Fonte da imagem: Reprodução/Deadliest Warrior

Não pense nas tesouras que temos em nossas casas ou nos estojos. As tesouras utilizadas pelos gladiadores em Roma, durante os tempos do Império Romano, eram fatais e muito dolorosas. O compartimento de metal era acoplado junto aos braços dos guerreiros (de modo semelhante ao Katar), permitido bloquear ataques e atacar. Feitas de metal pesado, elas mediam aproximadamente 50 centímetros.

8 – Macuahuitl

Fonte da imagem: Reprodução/Deadliest Warrior

Não deixe que os seus olhos enganem você, pois o Macuahuitl é uma arma muito dolorosa, apesar de ser incapaz de perfurar pessoas. Trata-se basicamente de um largo pedaço de madeira, em formato de espada, com pequenos pedaços de vidro vulcânico de ambos os lados. De origem mexicana, era comumente utilizado pelos astecas como um porrete e nos típicos rituais de sacrifício.

9 – Kpinga

Fonte da imagem: Reprodução/Deadliest Warrior

As tribos de Azande, na África, utilizavam essa variação de faca como um armamento fatal. Alguns modelos possuíam mais de 60 centímetros e quase todos tinham três lâminas que eram constantemente afiadas. Quando os guerreiros portadores das armas se casavam, davam suas Kpingas aos familiares da mulher.

10 – Espadas-gancho

Fonte da imagem: Reprodução/Deadliest Warrior

As espadas-gancho chinesas eram carregadas pelos monges Shaolin como armas de defesa. São caracterizadas por ser levemente curvadas e por possuírem um formato de anzol em uma das extremidades, podendo ser conectadas com outras espadas. Talvez não sejam tão cruéis como as outras armas que figuram nessa lista, porém poderiam ser mortais se bem manuseadas. 

Viu algum erro ou gostaria de adicionar uma sugestão para atualizarmos esta matéria? Colabore com o autor clicando aqui!

Comentários (0)