No vilarejo de Kairuppala, na Índia, uma tradição secular mexe com os moradores: uma intensa e épica batalha de esterco! Apesar de muita gente se machucar nesse festival, quase todo mundo participa da brincadeira anual, que supostamente traz sorte e prosperidade.

Segundo a lenda indiana, o Senhor Veerabhadra Swamy – uma representação meio maquiavélica de Shiva – se apaixonou pela deusa Bhadrakhali, e ambos resolveram se casar. Só que o deus fanfarrão resolveu provocar a amada dizendo que havia desistido do casamento. Bhadrakhali não curtiu a brincadeira e juntou seus seguidores para arremessar pedaços de esterco na cabeça de Veerabhadra Swamy. Já os devotos desse deus resolveram revidar e uma intensa batalha de cocô de vaca começou, terminando, é claro, com o casamento das divindades.

Esterco amontoado

Atualmente, a vila de Kairuppala reencena essa batalha mitológica, na qual os moradores se dividem em duas equipes – uma para cada deus. Uma imensa pilha de estrume é amontoada na praça central do vilarejo e a guerrinha de mentira começa. A única “proteção” permitida é uma toalha, que serve de escudo.

Durante meia hora, todo mundo joga esses cocôs ressecados na cabeça do “inimigo”, gerando, é claro, alguns hematomas e sangramentos. No festival deste ano, cerca de 50 pessoas ficaram feridas, mas nenhuma gravemente. A brincadeira acaba em uma grande festa para todo mundo. 

Esterco voando

***

O Mega está concorrendo ao Prêmio Influenciadores Digitais, e você pode nos ajudar a sermos bicampeões! Clique aqui e descubra como. Aproveite para nos seguir no Instagram e se inscreva em nosso canal no YouTube.