Estreou ontem nos cinemas de todo o país o filme “Homem-Formiga”, inspirado no herói da Marvel criado em 1960. O longa traz a história de Dr. Hank Pym, criador de uma fórmula encolhedora, vivido por Michael Douglas. Alguns anos depois, ele precisa impedir que Darren Cross (Corey Stoll) reproduza sua invenção e a venda para uma organização do mal.

Aí entra o personagem de Paul Rudd, o trambiqueiro Scott Lang. Depois de um período na cadeia, Scott não consegue ter uma vida normal e volta a cometer crimes. Porém, o golpe em que ele se envolve não passa de um plano do Dr. Pym para que Scott torne-se o novo Homem-Formiga.

Mas vamos ao que interessa: até onde ter semelhanças com as formigas pode ser vantajoso para um super-herói?

1. Tamanho reduzido

A primeira e mais óbvia qualidade é ter um tamanho pequeno, o que permite entrar em todos os lugares sem ser percebido. Nesse momento, centenas de formigas estão circulando em buracos nas paredes a sua volta, atrás de azulejos e nos rodapés.

2. Grande força

Mesmo com tamanho reduzido, esses insetos são extremamente fortes, podendo carregar um objeto 100 vezes mais pesado que eles mesmos.

3. Duro na queda

As formigas podem cair de qualquer altura sem se machucar. O motivo? Novamente graças à sua pequena estrutura. 

4. Veneno mortal

Algumas formigas podem matar com suas picadas e um poderoso veneno. A Pogonomyrmexmaricopa, comum no estado do Arizona, nos Estados Unidos, tem uma mordida equivalente a 12 picadas de abelha! Essa característica pode até combinar mais com um vilão, mas não deixa de ser interessante.

5. Comunicação certeira

Não dizem que a comunicação é a chave do sucesso? Pois bem, as formigas utilizam-se muito de substâncias químicas para se comunicar com as outras. Através de feromônios, vão deixando rastros por onde passam, como se fossem avisos para outras de sua espécie.

6. Não precisa de uniforme

A formiga Tapinoma melanocephalum tem pernas e abdômen translúcidos, deixando o corpo da cor do alimento que ela consumir. 

Bônus – Os verdadeiros arqui-inimigos das formigas

Se a história tivesse inspiração total nesses pequenos insetos, esses seriam os vilões que encontraríamos:

A decapitadora do mal

Não se engane com essa pequena mosca. Ainda menor que a formiga, a mosca do gênero Dohrniphora age de maneira calculista para alcançar seus objetivos. Começa cortando o intestino, a medula nervosa e qualquer outra conexão entre cabeça e corpo da formiga. Depois, passa para as mandíbulas e então usa suas patas para arrancar totalmente a cabeça de suas vítimas.

O crânio vira troféu. É arrastado para outro lugar e serve de refeição para a mosca e, futuramente, para seus pequenos filhotes larvas. São encontradas na América do Sul. 

A “Mística” do formigueiro

Se você assistiu a X-Men, certamente vai se lembrar da personagem “Mística”, que tinha o poder de se transmutar em outras pessoas. Pois é quase isso que essas aranhas Myrmarachne fazem. Após esconderem-se nos formigueiros, elas observam o comportamento dos donos da casa e passam a agir de forma similar.

Formigas têm seis patas e duas antenas. Aranhas têm oito patas e nenhuma antena. A solução? A aranha levanta suas duas patas dianteiras e as mexe de maneira equivalente aos movimentos das antenas, tudo para se enturmar. Mas esse disfarce só é mantido durante o dia. Assim que anoitece, as aranhas começam a caça às formigas. 

O que você achou do filme Homem-Formiga? Comente no Fórum do Mega Curioso