Você comeria uma carne feita só de água e proteínas vegetais?

Projeto já produz até 70 kg de bifes artificiais por hora na Europa.
Por Nilton Kleina em 07/03/2012

Os responsáveis pela carne artificial garantem: é uma delícia. (Fonte da imagem: LikeMeat)

A primeira conclusão que chegamos ao olhar a foto acima é de que se trata de um prato apetitoso, certo? Quando você descobre quais ingredientes estão envolvidos na produção dessa carne, entretanto, pode mudar de ideia: a comida é 100% água e proteínas extraídas de diversos vegetais.

A solução para os vegetarianos que ainda sonham um churrasco (ou para todos que são contra os impactos ambientais da pecuária) é de iniciativa da LikeMeat, uma empresa europeia que acredita que o Velho Continente está pronto para desistir da carne e procurar alternativas mais baratas e ecológicas.

O mais difícil, segundo o ScienceDaily, é alimentar tanta gente. O processo consiste em misturar uma série de vegetais com água, ferver tudo a uma temperatura extremamente alta e depois resfriá-los lentamente. Durante esse processo, as moléculas proteínas começam a se juntar e formar cadeias de fibras, até adquirirem a forma da carne.

Por enquanto, a equipe consegue produzir de 300 a 500 kg do produto por dia, mas ainda pede um ano para que a receita seja aperfeiçoada – e o comércio autorizado. De acordo com os responsáveis pelo LikeMeat, a comida artificial é suculenta, fibrosa e com a mesma textura de uma carne originada de um animal. Será mesmo?

Viu algum erro ou gostaria de adicionar uma sugestão para atualizarmos esta matéria? Colabore com o autor clicando aqui!

Comentários (0)