10 coisas que você pode parar de fazer para ser mais feliz

Mudando apenas algumas atitudes, você pode tornar a sua vida – e de todos à sua volta – melhor.
Por em
Fonte da imagem: iStock 10 coisas que você pode parar de fazer para ser mais feliz

Muito se fala em felicidade e no que fazer para conquistá-la. No entanto, dependendo do assunto, é muito mais proveitoso parar de fazer algumas coisas do que adicionar novas atitudes à sua rotina. Nessa lista, o escritor Jeff Haden sugere dez ações que você pode começar a riscar de sua vida para melhorá-la:

1. Culpar

As pessoas cometem erros. Há empregados que não atendem às suas exigências, empresas que não entregam produtos a tempo... Então é muito fácil botar a culpa dos seus problemas nos erros dos outros. No entanto, você também tem parte da culpa. Assumir a responsabilidade quando as coisas dão errado em vez de culpar os outros não é masoquista, mas recompensador. Afinal, você pode se preocupar em fazer tudo melhor da próxima vez e, assim, dar um passo à frente em direção a uma vida mais feliz.

2. Impressionar

Ninguém precisa gostar das suas roupas, carro, posses. Tudo isso são coisas, e mesmo se alguém gostar delas, não significa que vão gostar de você. Claro, aparentemente pode parecer que sim, mas apenas superficialmente e não de maneira substanciosa. E sem substância é impossível ter um relacionamento real. Como relacionamentos genuínos ajudam você a ser mais feliz, tente parar de impressionar os outros e passe a ser você mesmo.

3. Agarrar-se

Quando as pessoas sentem medo ou insegurança, é mais provável que elas se agarrem àquilo que já conhecem, mesmo sabendo que isso pode não ser particularmente o melhor. No entanto, a ausência de medo e insegurança não é felicidade, apenas a falta de medo. Por isso, é importante saber deixar de se agarrar ao que você acha que precisa e ir atrás do que você quer. Mesmo se você acabar não conquistando aquilo que desejava, o simples ato de correr atrás já é suficiente para ajudá-lo a se sentir melhor a respeito de si mesmo.

4. Interromper

Interromper os outros não é apenas rude. Quando você corta o discurso de alguém, o que você quer realmente dizer é “Não estou ouvindo para entendê-lo, estou ouvindo para poder decidir o que eu quero dizer”. Você quer que as pessoas gostem de você? Passe a ouvi-las e se concentre no que elas dizem. Elas passarão a gostar de você, e você vai gostar de como isso vai fazer você se sentir.

5. Reclamar

Suas palavras têm poder, especialmente sobre você. Reclamar sobre seus problemas faz com que você se sinta pior, não melhor. Se algo está errado, não gaste tempo reclamando. Use esse mesmo esforço para tentar fazer a situação melhorar. A não ser que você deseje passar o resto da vida reclamando, é isso o melhor a se fazer. Desse modo, não converse sobre o que está errado, mas sim sobre como é possível melhorar – mesmo que o assunto da conversa seja você, seus colegas ou seus amigos. Lembre-se: amigos não deixam amigos reclamar. Amigos ajudam a melhorar a vida dos demais.

6. Controlar

Você pode ser o chefe, mas a única coisa que você consegue controlar é você mesmo. Se você tentou controlar a vida de alguém, você decidiu que você, seus objetivos, seus sonhos ou mesmo as suas opiniões são mais importantes que os dessa outra pessoa. Em vez disso, tente encontrar pessoas que acreditam no mesmo que você. Elas trabalharão melhor, se divertirão mais e será mais fácil criar relacionamentos de negócios ou pessoais – tudo isso sendo ainda mais feliz.

Fonte da imagem: iStock

7. Criticar

Você pode ter mais educação ou mais experiência, mas isso não o torna mais inteligente ou melhor que os outros. Isso o torna único, porém, no final das contas, isso é apenas você. Da mesma forma, todas as pessoas ao seu redor também são únicas. Como todos são diferentes (não melhores ou piores), é muito mais interessante aceitar essas diferenças em vez de reparar e apontar defeitos. Assim, você verá os outros de uma maneira melhor (e poderá esperar o mesmo a seu respeito).

8. Pregar

Se criticar os outros é incômodo, o mesmo pode ser dito sobre pregar. Quanto mais você souber, mais fácil será para você imaginar que sabe de tudo e tentar dizer aos outros o que fazer baseado nesse “conhecimento”. Quando você diz algo sem propriedade, as pessoas poderão até escutá-lo, mas ninguém vai ouvir nada – e poucas coisas poderiam ser mais tristes.

9. Conservar-se

Claro que o passado é valioso e pode te ensinar muito. O mesmo pode ser dito a respeito do passado dos outros. No entanto, não se pode ficar atrelado ao passado. Tudo isso é apenas um treinamento e não define a sua pessoa. Pense no que deu errado antes, mas apenas em termos do que pode ajudá-lo nesse momento, e siga em frente.

10. Ter medo

Todo mundo tem medo de algo. Do que poderia ou não acontecer, do que não vai mudar, do que não seremos capazes de fazer ou de como seremos vistos pelos outros. Desse modo, não é difícil hesitar e esperar um pouco mais antes de arriscar.

Enquanto isso, dias, semanas e meses passam e, junto com eles, os nossos sonhos. Não deixe seu medo impedi-lo de realizar seus planos. Seja abrir um novo negócio, entrar em um novo mercado ou mudar de emprego, dê o primeiro passo hoje e não espere outro dia. Faça qualquer coisa, senão você perde o dia de hoje. Uma vez que o dia de amanhã chega, o dia de hoje está perdido e este é um bem precioso que ninguém vai querer desperdiçar.

Viu algum erro ou gostaria de adicionar uma sugestão para atualizarmos esta matéria? Colabore com o autor clicando aqui!

Comentários (0)