Responda as seguintes perguntas: você gosta de Nutella com pão? E de Nutella com frutas? Você concorda que qualquer coisa fica mais saborosa com Nutella? Seu maior sonho é ganhar um daqueles potes gigantes de Nutella para devorar sozinho?

Se você respondeu “sim” para as perguntas anteriores, então você está no lugar certo. Agora, depois de passar tanto tempo pensando em maneiras diferentes de comer Nutella, talvez você não tenha se dado conta de alguns fatos que envolvem o creme de avelã mais famoso do mundo.

Sendo assim, pegue sua colher, o pote de Nutella mais próximo e não deixe de conferir oito curiosidades sobre essa delícia:

Fonte da imagem: World Nutella Day

1. Existe o Dia Mundial da Nutella

Em 2007, dois blogueiros italianos resolveram mostrar seu amor pelo creme de avelã de uma maneira diferente. Para isso, eles estabeleceram o dia 5 de fevereiro como o Dia Mundial da Nutella (Nutella Day). Nessa data, o objetivo é comer Nutella, compartilhar receitas com o produto, ver fotos pratos feito com ele e celebrar tudo o mais que estiver relacionado ao doce.

2. Nutella é o verdadeiro café dos campeões

De acordo com o registro do Guinness, a empresa realizou um café da manhã que aconteceu em 2005, na Alemanha, para marcar o 40º aniversário da Nutella. O evento bateu o recorde de Maior Café da Manhã — ao todo, 27.854 pessoas se reuniram para compartilhar a refeição que contava com pães, suco de laranja e Nutella, é claro.

Fonte da imagem: The Guardian

3. Nutella é um sucesso de vendas

Segundo o portal Mental Floss, um pote de Nutella é vendido a cada 2,5 segundos ao redor mundo. Já o United States Census Bureau, órgão responsável pela contagem da população americana, registra que um bebê nasce a cada 8 segundos. Basta fazer as contas.

4. Nutella ao redor do mundo

Esse título não é só porque o creme de avelã é um sucesso de vendas e pode ser encontrado em 75 países. O fato é que a quantidade de Nutella vendida em um ano é suficiente para cobrir mais de mil estádios de futebol.

Fonte da imagem: Tumblr

5. Todo mundo ama Nutella

Em 2009, a fanpage da Nutella no Facebook reunia mais de 2 milhões de fãs, o que lhe garantia o 3º lugar das páginas mais curtidas na rede social. A fanpage perdia apenas para a Coca-Cola e o Barack Obama. O perfil não está mais no topo do Facebook, mas atualmente soma mais de 17 milhões de fãs.

6. Napoleão e Hitler foram os responsáveis por viciar o mundo em Nutella

Em 1806, Napoleão tentou barrar o comércio britânico como uma maneira de vencer a guerra. O resultado disso foi que o bloqueio continental fez com que o preço do chocolate aumentasse absurdamente. Dessa maneira, os confeiteiros italianos da região de Turim começaram a adicionar avelãs picadas ao chocolate para que ele rendesse o máximo possível. Essa mistura ganhou o nome de “gianduia”.

Um século depois, o chocolate voltou a ser um produto muito caro e escasso na Europa por conta da Segunda Guerra Mundial. Então, um confeiteiro italiano chamado Pietro Ferrero recorreu mais uma vez às avelãs para, em 1946, criar a “Pasta Gianduja” que seria rebatizada de “Nutella” em 1964.

Fonte da imagem: Flickr

7. A origem do nome da Nutella

A gianduia – que foi a pasta que deu origem à Nutella – tem seu nome inspirado em um personagem da Commedia Dell’Arte, um movimento teatral tipicamente italiano. Segundo a tradição, Gianduja era um personagem piemontês sempre sorridente, que andava pela cidade carregando uma “duja”, que no dialeto piemontês significa “pote”. A principal função da duja era armazenar vinho, mas existem aqueles que acreditam que o pote também tenha sido utilizado para guardar o creme de avelã. A ilustração do personagem Gianduja chegou a aparecer nos primeiros anúncios de Nutella.

8. Nutella e a curiosa degustação

Em pouco tempo, o produto se tornou tão popular na Itália que os comerciantes começaram a oferecer degustações de Nutella a qualquer criança que aparecesse com um pedaço de pão. A ação ficou conhecida como “A Degustação” e foi uma estratégia de marketing de sucesso. Nem é preciso dizer que todos ficaram viciados no delicioso creme de avelã.