Como a Páscoa é celebrada em outras partes do mundo?

Confira como esta importante festa cristã é comemorada em outros países.
Fonte da imagem: Wikipédia Como a Páscoa é celebrada em outras partes do mundo?

A Páscoa está chegando e, pelo menos aqui no Brasil, é comum presentear os amigos e os familiares com — deliciosos — ovos de chocolate. Mas, e no resto do mundo, como é que os cristãos comemoram essa data, que é uma das mais importantes festividades do calendário? Como você pode imaginar, em alguns países as celebrações são bem parecidas com a nossas, enquanto que em outros... Confira algumas delas:

Alemanha

Fonte da imagem: Reprodução/Passion Play Oberammergau

Na Alemanha, assim como aqui no Brasil, é costume que as pessoas presenteiem os amigos e familiares com ovos de chocolate, e a Páscoa é uma grande celebração. E uma famosa festividade que acontece no país é a encenação da Paixão de Cristo, que, desde o século 16, ocorre a cada dez anos na cidade de Oberammergau.

Tudo começou quando Oberammergau era apenas um vilarejo e quase acabou destruído pela peste negra. Para tentar salvar a cidade, os líderes religiosos fizeram a promessa de encenar uma peça para louvar a Deus a cada década para sempre, e a tradição continua até os dias de hoje. A última peça ocorreu no ano de 2010, e os ingressos costumam ser comprados com anos de antecedência, já que pessoas de todo o planeta costumam assistir à megaprodução.

Espanha

Fonte da imagem: Reprodução/Mirror

Na Espanha, normalmente a Semana Santa inteira é considerada feriado — espanhóis sortudos! —, e durante esse período ocorrem inúmeras celebrações por todo o país. Entre elas estão numerosas procissões que tomam conta das ruas, durante as quais são carregados santos belamente enfeitados com flores e ocorre o desfile de diversas irmandades.

E é aqui que a coisa fica meio sinistra, pois as pessoas que participam dessas confrarias se vestem de maneira bem peculiar. Os grupos — conhecidos como penitentes ou nazarenos — se vestem com túnicas que cobrem todo o corpo e chapéus altos e pontiagudos que cobrem os rostos, parecidos com os trajes da infame Ku Klux Klan. Além disso, um dos grupos chega a ser bem assustador, já que os membros se vestem todos de preto e arrastam correntes pelas ruas.

No entanto, não existe o costume de presentear as pessoas com ovos de chocolate como ocorre por aqui, e as pessoas se reúnem para comer uma espécie de colomba com chocolate quente bem cremoso.

Inglaterra

Fonte da imagem: Reprodução/The Royal Mint

Assim como aqui no Brasil, na Inglaterra também existe o costume de se presentear ovos de chocolate, especialmente para as crianças. Mas eles também têm algumas brincadeiras tradicionais — e muito divertidas — que acontecem nessa época, como a guerra de tortas, uma espécie de jogo de futebol envolvendo barris de cerveja e rolar ovos cozidos morro abaixo.

Além disso, outra tradição é que a Rainha distribua moedas especialmente cunhadas para a ocasião diante da Abadia de Westminster, em Londres. Esse festejo ocorre a cada dois anos, e normalmente os objetos distribuídos se tornam peças de colecionador.

Grécia

Fonte da imagem: Reprodução/Weirdomatic.com

Na Sexta-feira Santa, é comum que algumas igrejas ortodoxas gregas montem uma espécie de túmulo no centro dos templos, que são visitados durante a missa como se fosse um funeral. Além disso, também ocorrem inúmeras procissões, e os gregos costumam utilizar ovos pintados de vermelho para representar o sangue de Cristo, que são quebrados depois que a ressurreição é anunciada.

Uma das comidinhas tradicionais de Páscoa na Grécia é o carneiro assado, e há quem ainda siga o costume de tomar uma sopa feita com o estômago do animal no domingo pela manhã.

Filipinas

Fonte da imagem: Reprodução/The Telegraph

Independente de presentear com ovos de chocolate ou não, os filipinos têm uma maneira um tanto quanto extrema de celebrar a Páscoa. Como sinal de penitência, alguns católicos carregam cruzes enormes nas costas e são crucificados — de verdade — assim como Jesus, e o ritual tem seu ponto alto às três horas da tarde, horário em que se credita que Cristo morreu.

Outros fiéis chicoteiam as costas até sangrar e, apesar de os líderes religiosos locais desencorajarem essas manifestações extremas de fé, os sacrifícios continuam todos os anos, seguindo uma tradição iniciada em 1955.

Etiópia

Fonte da imagem: Reprodução/Weirdomatic.com

As curiosidades sobre a celebração da Páscoa na Etiópia começam já na Quaresma, quando os católicos mais fervorosos deixam de consumir qualquer produto de origem animal. Isso significa que, além da carne, eles também evitam o leite, a manteiga, ovos, queijo e o iogurte, por exemplo.

E no Domingo de Ramos ocorre um bonito festival — chamado Fasika —, durante o qual os etíopes se vestem de branco e usam enfeites nas cabeças e anéis feitos com as folhas das palmeiras. A respeito da comida típica, por lá é costume comer ensopado de carneiro ou cordeiro com uma espécie de panqueca, assim como um pão azedo chamado “Dabo”.

Viu algum erro ou gostaria de adicionar uma sugestão para atualizarmos esta matéria? Colabore com o autor clicando aqui!

Comentários (0)