Primeiro "híbrido" de humano com Neandertal parece ter sido descoberto

Ossos descobertos na Itália pode ser o primeiro descendente concebido entre as duas espécies.
Fonte da imagem: Discovery News Primeiro "híbrido" de humano com Neandertal parece ter sido descoberto

A ideia de que os Neandertais e os humanos tiveram seus “encontros” no passado não é nenhuma novidade, embora não existam evidências diretas desses tropeços. No entanto, de acordo com o Discovery News, um grupo de pesquisadores parece ter encontrado os ossos do primeiro descendente concebido entre as duas espécies.

Segundo a publicação, os ossos foram encontrados no norte da Itália e pertencem a um indivíduo que viveu o nosso planeta entre 40 e 30 mil anos atrás. Tanto os humanos como os Neandertais habitavam a Europa nessa época, e um estudo anterior já havia determinado que tanto os descendentes de europeus como os de asiáticos herdaram entre 1 e 4% de seu DNA dos Neandertais.

Híbrido

Fonte da imagem: Reprodução/Discovery News

A pesquisa atual está baseada em estudos genéticos e análises de reconstruções tridimensionais, comparando os resultados com as feições do Homo sapiens. Depois de avaliar o maxilar encontrado, a equipe concluiu que ele teria dado ao rosto do indivíduo uma aparência intermediária entre o Neandertal clássico, que possuía um maxilar mais recuado, e o humano moderno, que apresenta um queixo muito mais desenvolvido.

A análise genética revelou que o DNA mitocondrial — que é transmitido pela mãe — é Neandertal, portanto, trata-se de um híbrido concebido entre uma mulher dessa espécie e um homem Homo sapiens. Os Neandertais “puros” desapareceram entre 35 e 30 mil anos atrás, e os ossos descobertos na Itália suportam a teoria de que esses hominídeos foram, pouco a pouco, perdendo espaço para as invasoras populações de humanos modernos.

Existem evidências de que os Neandertais não receberam muito bem a nova espécie que chegou com tudo dominando o espaço. Apesar de os dois hominídeos terem coexistido por algum tempo, os pesquisadores acreditam que os Neandertais defendiam sua identidade cultural e não eram muito sociáveis. Além disso, os pesquisadores suspeitam que possam ter ocorrido estupros por parte dos humanos modernos, o que pode ter resultado em uma “limpeza étnica”.

Viu algum erro ou gostaria de adicionar uma sugestão para atualizarmos esta matéria? Colabore com o autor clicando aqui!

Comentários (0)