Como você vai conferir no vídeo acima, o japonês Kokichi Sugihara é especialista em construir objetos que apresentam um comportamento aparentemente impossível — como é o caso do telhado que consegue equilibrar esferas com perfeição.

Acontece que Sugihara usa uma técnica muito simples, que combina luz e ângulos de filmagem, para criar uma ilusão de óptica perfeita. Com isso, você acaba enxergando movimentos que na verdade não existem.

Além disso, Sugihara também considera esse tipo de criação ambígua interessante pelo fato de que é possível concluir que o cérebro “escolhe” o formato mais retangular para ser interpretado — o que mantém a ilusão mesmo depois de você ter visto o formato real do telhado, por exemplo.

Bizarro, não?

Fonte: New Scientist TV