Ouça o ruído do maior campo magnético não-destrutivo já criado [vídeo]

Depois de quase 15 anos de estudos, cientistas conseguem gerar campo magnético com mais de 100 Tesla – intensidade dois milhões de vezes maior que o campo magnético da Terra.
Por Fernando Daquino em 24/03/2012

De acordo com a publicação do Los Alamos National Laboratory, um grupo de cientistas conseguiu produzir o primeiro campo magnético não-destrutivo com 100,75 Tesla – unidade de medida de indução magnética. O projeto levou aproximadamente 15 anos para ser finalizado e envolveu uma grande e diversificada equipe de pesquisadores e engenheiros.

Conforme o informativo, o equipamento que viabilizou esse experimento consiste basicamente em um imã gigantesco interligado a um gerador também de proporções monstruosas – combinação que gerou pulsos eletromagnéticos dois milhões de vezes mais intensos que o campo magnético da Terra.

Segundo o site DVICE, com um campo magnético de 16 Tesla é possível levitar pequenos animais, como um sapo. Durante a geração dos pulsos eletromagnéticos, o dispositivo produz ruídos com alta intensidade. Os sons emitidos acontecem ao 1 minuto e 30 segundos do vídeo. Essa pesquisa deve originar estudos mais avançados na descoberta do estado topológico da matéria, de novas transições de fases quânticas, entre outras áreas de grande complexidade da física.

Viu algum erro ou gostaria de adicionar uma sugestão para atualizarmos esta matéria? Colabore com o autor clicando aqui!

Comentários (0)