O Programa Apollo, da NASA, esteve ativo entre os anos de 1961 e 1972 e tinha como principal propósito levar o homem até a Lua. Como você sabe, a agência espacial alcançou a sua meta em 1969, quando a Apollo 11 pousou no satélite. Contudo, apesar do sucesso, o projeto enfrentou vários percalços e acidentes graves ao longo de sua história — e, aparentemente, ocorreram coisas bem esquisitas durante algumas missões também.

De acordo com Lee Spiegel, do portal The Huffignton Post, esse foi o caso da Apollo 10 — tripulada pelos astronautas Eugene Cernan, Thomas Stafford e John Young —, que partiu para dar umas voltinhas ao redor da Lua em 1969, dois meses antes da Apollo 11. Um dos objetivos da missão era completar 31 órbitas em torno do satélite, e em uma dessas passagens, algo estranho aconteceu.

Ruídos peculiares

Segundo Spiegel, em uma das órbitas, a Apollo 10 passou pelo lado “oculto” da Lua. Conforme ele explica, quando isso ocorre, as naves perdem todo o contato por rádio com a Terra e, por aproximadamente 1 hora, ninguém aqui no nosso planeta é capaz de ver ou ouvir os astronautas.

No entanto, apesar de os astronautas não poderem se comunicar com as centrais de comando e vice-versa, existem dispositivos que gravam absolutamente tudo o que acontece — e é dito — no interior das espaçonaves. Voltando à missão, quando a Apollo 10 estava posicionada atrás da Lua, os tripulantes ouviram sons bastante peculiares vindos do espaço, algo que eles descreveram como uma “música espacial”.

A revelação aconteceu em 2008, depois que a NASA divulgou as transcrições das gravações realizadas durante a missão — que foram mantidas em segredo por quase 40 anos. Ouça os sons e as conversas dos astronautas a partir do ponto 2:16 do vídeo a seguir:

Música espacial

No vídeo, produzido pelo pessoal do Science Channel, é possível ouvir os astronautas comentando entre si que “a música até parece ser espacial”. Eles também foram gravados confirmando uns com os outros se os três haviam ouvido “o som de assobio”, uma espécie de “wooooo”, e admitindo que “com certeza é uma música estranha”. Depois, a tripulação inclusive discute se o assunto deveria ser revelado à NASA ou não.

O mais bizarro é que os astronautas ouviram o mesmo ruído por aproximadamente uma hora, ou seja, durante o tempo em que estiveram no lado oculto da Lua, e tudo parece indicar que não foi uma mera anomalia. Embora as gravações tenham sido liberadas há vários anos, até hoje astrônomos, cientistas, conspiradores e curiosos de plantão debatem sobre sua origem e seu significado — e ninguém chegou a nenhuma conclusão ainda. E você, caro leitor, tem algum palpite?

Você acha que a NASA esconde do público que ela já teve contato com seres alienígenas? Comente no Fórum do Mega Curioso