(Fonte da imagem: Reprodução/Daily Mail)

Heidi Hankins, uma garotinha inglesa de apenas 4 anos de idade, acabou de ser aceita pela Mensa —organização internacional que reúne pessoas com QIs na faixa dos 2% mais altos da população — após alcançar 159 pontos nos testes oficiais, ficando apenas 1 ponto abaixo de gênios como Albert Einstein e Stephen Hawking. De acordo com a organização, a pontuação média de um adulto é 100, e para ter o QI considerado alto, a pessoa deve alcançar 130 pontos.

De acordo com o Daily Mail, que conversou com os pais da menina, Heidi já sabia ler, somar, subtrair e recitar poemas aos dois anos de idade. As professoras da escolinha que a menina frequenta sugeriram que ela fizesse o teste de QI depois de perceber que ela era tão inteligente, que existiam poucas atividades que realmente a desafiassem.

Heidi realizou um teste específico para crianças de sua idade, e John Stevenage, CEO da Mensa britânica, afirmou que é pouco provável que os resultados da menina mudem com o passar do tempo.