Ainda faltam dois meses para o inverno “dar as caras”, mas, aqui em Curitiba, sede da redação do Mega Curioso, nós já estamos tirando os cobertores, casacos e pantufas do armário. Como era de se esperar, já tem gente correndo na farmácia para fazer o estoque contra a temida gripe. E o que não pode faltar? A famosa vitamina C! Mas afinal, ela é realmente eficaz contra os resfriados?

Para começar, você precisa saber de onde surgiu toda essa história, então, vamos voltar um pouco no tempo. Pegue o seu chocolate quente e vem com a gente!

Ingerir vitamina C ajuda a combater gripes e feriados?

Linus Pauling foi um importante químico quântico e bioquímico norte-americano vencedor de dois prêmios Nobel! Ele foi o responsável por importantes contribuições nos campos da Química Inorgânica, Química Orgânica, Metalurgia, Imunologia, Psicologia, Biologia Molecular, entre outros. Apesar de todas as áreas em que Linus se destacou, é possível que você o conheça como o “pai da ligação química”. 

Aposto que você se lembra do famoso diagrama de Linus Pauling em suas aulas de química

Quem aí não usou o diagrama de Linus Pauling para realizar a distribuição dos elétrons pelos subníveis da eletrosfera? Pois é, o cara era incrivelmente inteligente. Mas o que tudo isso tem em comum com a vitamina C? Foi justamente Linus Pauling quem espalhou por aí essa história de que a vitamina preveniria resfriados!

O mito da Vitamina C no combate aos resfriados

Pauling ficou sabendo disso por um homem conhecido como “Doutor” Stone. Acontece que, de médico ele não tinha nada! Assim, o falso doutor contou a Pauling todas as “maravilhas” da vitamina C e como ela poderia resolver praticamente todas as doenças.

Nesta época, os dois se uniram em um estudo clínico de péssima qualidade, tudo para comprovar este ponto de vista. Mas os métodos utilizados por ambos eram notadamente falhos, como o fato de que as pessoas que foram tratadas com vitamina C no estudo eram mais saudáveis que as outras, assim, é óbvio que os resultados iriam confirmar o que eles queriam.

Pauling acertou muito, mas teve seus equívocos

Surpreendentemente, isso não impediu Pauling de lançar um livro sobre o assunto na década de 1970. Com o título “A vitamina C, o resfriado comum e a gripe”, a publicação fez sucesso e contribuiu para que o mito fosse disseminado por aí. Afinal, quem iria duvidar de um homem tão brilhante e talentoso? Todos tiveram certeza de que ele sabia do que estava falando!

Pauling afirmava que doses elevadas do suplemento poderiam curar tudo: desde doenças cardíacas até mesmo câncer — em uma triste ironia do destino, tanto Pauling quanto a sua esposa morreram da doença.

E como “uma mentira repetida mil vezes torna-se verdade”, mesmo que várias organizações médicas rejeitassem a ideia, que era totalmente sem fundamento, as pessoas preferiam acreditar que ao ingerir suplementos vitamínicos estariam resolvendo grande parte dos seus problemas de saúde.

Mas a verdade é outra: a vitamina C não previne nem resfriados, quem dirá o câncer! Até existem alguns pequenos estudos que mostraram que doses extremamente altas matam células cancerosas, porém, isso só ocorre quando a vitamina é administrada por via intravenosa. Ou seja, aquele seu suplemento oral não teria efeito algum.

A vitamina C pode ser encontrada em diversos alimentos, como laranjas, morango, brócolis e goiaba

É isso aí! Pode chegar nos seus pais, avós e tios e dizer: tomar suplementos de vitamina C não tem efeito nenhum sobre a saúde. E mais: uma vez que a vitamina é solúvel em água, qualquer excesso será logo eliminado através do seu xixi. Claro, tomar pílulas de vitamina C todos os dias não vai te matar, mas você certamente não precisa delas. O ideal mesmo é obter a quantidade necessária na sua dieta através de alimentos como laranjas, alho, morango, brócolis, cebola, pêssego, maçã, pera, cenoura, banana, abacate, goiaba, fígado de carne, entre tantos outras opções.

Mas lembre-se: é sempre importante consultar o seu médico e descobrir se você está com deficiência da vitamina! Afinal, nós precisamos da vitamina C para fazer colágeno, curar feridas, produzir neurotransmissores, entre outras coisas.

 *Texto redigido por Camila Galvão via N-Experts.

***

O Mega está concorrendo ao Prêmio Influenciadores Digitais, e você pode nos ajudar a sermos bicampeões! Clique aqui e descubra como. Aproveite para nos seguir no Instagram e se inscreva em nosso canal no YouTube.