Com que frequência devemos lavar os cabelos?

Alguns acreditam que diariamente, outros dizem que em dias alternados. Mas existe uma medida certa?

(Fonte da imagem: Reprodução/Thinkstock)

Parece que os especialistas no assunto — sejam eles médicos, cabeleireiros ou inclusive as nossas mães — ainda não conseguiram chegar a um consenso sobre a frequência com que devemos lavar os nossos cabelos. Entretanto, todos concordam que ter um aspecto sujinho não é legal para ninguém, não é mesmo?

Lavar ou não lavar?

Lavar os cabelos frequentemente é um conceito relativamente novo. Na verdade, as pessoas costumavam lavar os cabelos uma vez por semana, quando iam aos salões de beleza para dar uma ajeitada no visual. Muitos, inclusive, faziam essas visitas a cada 15 dias, e alguns, uma vez ao mês.

Entretanto, parece que os velhos costumes estão voltando à moda. Uma rádio australiana, após entrevistar um convidado que afirmou não lavar os cabelos há mais de uma década, decidiu lançar um desafio aos ouvintes.

Um número de 500 participantes ficou seis semanas sem lavar os cabelos, e ao final desse período, o que eles descobriram foi surpreendente: 86% deles afirmaram que seus cabelos não estavam melhores nem piores do que antes. Inclusive, os que tinham cabelos secos afirmaram que seus cabelos ficaram normais; quem reclama de ter cabelos lisos demais notou que eles passaram a ter mais forma e volume; quem sofria com couro cabeludo ressecado notou que o problema tinha desaparecido; e até os que tinham problemas com a oleosidade notaram que ela se normalizou.

(Fonte da imagem: Reprodução/Thinkstock)

Por que o cabelo fica com aspecto sujo?

As glândulas sebáceas, estruturas presentes em todos os mamíferos, se encontram em todo o corpo — exceto nas palmas das mãos e plantas dos pés —, principalmente no couro cabeludo e face. Elas são responsáveis pela secreção de uma substância oleosa — o sebo — que serve para proteger e impermeabilizar a pele e os cabelos.

O sebo é produzido por células especiais, que absorvem gordura presente em nosso corpo e a transporta às glândulas sebáceas, que então a expele através dos folículos capilares. Sem ele, a pele e os cabelos poderiam se ressecar e escamar de forma prematura.

Contudo, deixar que essa substância se acumule, além de poder causar problemas de pele, como a acne, por exemplo, também se traduz em falta de higiene, principalmente para a cultura ocidental moderna.

Por que fazemos isso? Cultura, meu bem!

Nossos hábitos de higiene, especialmente os herdados pelos índios que viviam aqui antes da colonização europeia, na verdade eliminam a proteção natural criada pelas glândulas sebáceas. É estranho, pois primeiro eliminamos a proteção da pele e cabelos com sabonetes e shampoos, que funcionam como verdadeiros detergentes, e depois nos besuntamos com hidratantes e cremes para voltar a hidratá-los.

(Fonte da imagem: Reprodução/Thinkstock)

Voltando ao assunto: com que frequência devemos lavar os cabelos?

A frequência com a qual você deve lavar os cabelos depende da sua preferência pessoal. O segredo parece residir em observar o seu corpo e fazer o que deixa você mais confortável.

Viu algum erro ou gostaria de adicionar uma sugestão para atualizarmos esta matéria? Colabore com o autor clicando aqui!

Comentários (0)