O telescópio Hubble, da NASA, capturou em janeiro deste ano a maior imagem da galáxia Andrômeda, em uma resolução absurda de nada menos que 1,5 bilhão de pixels. Só para você ter ideia, seriam necessárias mais de 600 televisões gigantes para reproduzir a imagem inteira.

A foto reúne mais de 100 milhões de estrelas e muitos aglomerados de estrelas, que formam esse cenário maravilhoso que você vê na imagem acima. Tudo isso a uma distância de 2 milhões de anos-luz.

Para entender melhor a proporção da coisa, assista ao vídeo acima, que mostra o recorte dessa imagem para nós, que estamos aqui na galáxia vizinha. Diante de uma imensidão dessas, fica fácil entender como cada pessoa do planeta é, para o universo, um pontinho minúsculo e insignificante. Você concorda?