Cientistas descobrem que crocodilos podem dormir com um olho aberto
08
Compartilhamentos

Cientistas descobrem que crocodilos podem dormir com um olho aberto

Último Vídeo

Cientistas australianos e alemães fizeram uma descoberta que pode mudar a visão que a ciência tem sobre a forma de dormir dos humanos. Um estudo realizado na Austrália mostrou que os crocodilos possuem uma condição de sono em que podem dormir, por um determinado período de tempo, com um dos olhos aberto.

Como essa condição já foi anteriormente observada em outros animais como pássaros e alguns mamíferos aquáticos, como as morsas e os golfinhos, um dos pesquisadores, John Lesku, acredita que forma de dormir dos humanos não é a usual. “Nós tendemos a pensar que o jeito como dormimos é a norma: um desligamento comportamental que envolve o cérebro de maneira integral (...) mas se todos esses animais conseguem descansar com apenas um dos olhos fechado, de repente é o nosso sono que fica incomum”, explicou.

De acordo com a pesquisa, essa condição durante o sono constitui um mecanismo de defesa, na qual metade do cérebro fica alerta para detectar possíveis mudanças no ambiente que cercam os animais durante o repouso. Dessa forma eles podem identificar a presença de ameaças, principalmente de predadores que se aproximem. Segundo matéria publicada pelo site Live Science, no caso dos crocodilos, que não possuem uma grande quantidade de predadores, isso permite que eles fiquem atentos às presas que possam surgir nos arredores durante as horas de sono.

A observação dos crocodilos

Para chegar à conclusão descrita, os pesquisadores filmaram jovens crocodilos, em um recinto, por 24 horas. O objetivo era verificar o grau de atenção que esses animais possuíam durante o sono e, por mais que em grande parte do tempo eles ficassem com os dois olhos fechados, essa situação não ocorreu em tempo integral. Quando um novo crocodilo era introduzido no ambiente, os que já estavam no espaço permaneciam com um olho aberto fixo sobre os recém-chegados.

Os pesquisadores também perceberam que a vigilância dos répteis observados ficou particularmente voltada aos humanos que entravam no local. “Definitivamente eles monitoraram os humanos que estavam na sala; quando os pesquisadores se retiraram, os animais permaneceram com o olho aberto na direção em que os homens estiveram. Isso sugere que eles permaneciam alertas aos possíveis perigos existentes”, explicou John Lesku.

Como é a primeira vez que esse comportamento é observado em crocodilos, esse foi o ponto do estudo que mais empolgou os cientistas, segundo o autor principal da pesquisa, Michael Kelly, da Universidade de Melbourne. “O que nós achávamos ser o jeito normal de dormir pode ser mais recente do que nós pensamos (...) isso pode mudar a forma como nós enxergamos a evolução do sono”, completou o pesquisador.

Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.