8 filmes adorados que fracassaram nas bilheterias
499
Compartilhamentos

8 filmes adorados que fracassaram nas bilheterias

Último Vídeo

1. “Blade Runner” (1982)

Custo: US$ 28 milhões
Bilheteria: US$ 32,8 milhões

O filme de Ridley Scott é uma das ficções científicas mais importantes da história do cinema. Desde seu lançamento, há 35 anos, o longa se tornou cult entre os cinéfilos, mas durante o lançamento original não foi bem assim: ele mais cobriu os custos de produção! A bilheteria de US$ 32,8 se refere apenas ao mercado norte-americano; não existem dados internacionais.

Algo semelhante aconteceu com a continuação, “Blade Runner 2049”, lançada neste ano: com custo estimado em US$ 150 milhões, o filme, chamado de clássico desde já, arrecadou apenas US$ 88 milhões no mercado interno. Se juntar com a bilheteria mundial, dá um total de US$ 248 milhões – ainda baixo para um filme com orçamento tão inflado.

Blade Runner

2. “Um Sonho de Liberdade” (1994)

Custo: US$ 25 milhões
Bilheteria: US$ 28 milhões

O filme favorito de muita gente fez sua fama nos antigos VHS e nas próprias sessões nas exibições na TV, já que, durante sua passagem nos cinemas, mal reverteu os custos: lucrou apenas US$ 3 milhões, algo irrisório para um filme tão amado.

Um Sonho de Liberdade

3. “Filhos da Esperança”(2006)

Custo: US$ 76 milhões
Bilheteria: US$ 35 milhões

Títulos de ficção científica dificilmente fazem sua carreira nos cinemas: “Filhos da Esperança”, de Alfonso Cuarón, é mais um desses exemplos, já que não arrecadou nos EUA nem metade do que custou! Para piorar, nem mesmo as bilheterias internacionais conseguiram reverter o prejuízo, visto que arrecadou US$ 70 milhões em todo o planeta.

Filhos da Esperança

4. “Cidadão Kane”(1941)

Custo: US$ 839 mil
Bilheteria: US$ 1,5 milhão

Frequentemente eleito “o melhor filme de todos os tempos”, “Cidadão Kane” precisou esperar os anos passarem para conseguir esse reconhecimento. Na época de seu lançamento, arrecadou apenas US$ 1,5 milhão! Os tempos eram outros, é claro, mas sucessos de bilheteria já existiam – “E o Vento Levou”, lançado 2 anos antes, por exemplo, arrecadou US$ 198 milhões!

Cidadão Kane

5. “A Invenção de Hugo Cabret” (2011)

Custo: US$ 170 milhões
Bilheteria: US$ 73,8 milhões

O filme foi indicado a 11 Oscars e venceu cinco deles (fotografia, efeitos especiais, direção de arte, edição de som e mixagem de som). Mesmo assim, as bilheterias não foram tão altas, com o filme mal se pagando ao redor do mundo. Ao todo, ele arrecadou US$ 185 milhões, sendo apenas US$ 73,8 milhões nos EUA.

A Invenção de Hugo Cabret

6. “A Fantástica Fábrica de Chocolates” (1971)

Custo: US$ 3 milhões
Bilheteria: US$ 526 mil

Um dos maiores sucessos da televisão, “A Fantástica Fábrica de Chocolates” não empolgou nadinha quando foi lançado nos cinemas. A bilheteria foi minúscula, com pouco mais de US$ 500 mil sendo arrecadados! A nova versão, de 2005, com Johnny Depp no papel principal, teve mais sucesso: com custo de US$ 150 milhões, o filme arrecadou US$ 474 milhões ao redor do muno, sendo US$ 268 milhões apenas nos Estados Unidos.

A Fantástica Fábrica de Chocol

7. “Clube da Luta” (1999)

Custo: US$ 63 milhões
Bilheteria: US$ 37 milhões

Um dos últimos cults da década de 90, “Clube da Luta” também viu sua fama crescer com os VHS e DVDs. Nos cinemas, arrecadou apenas US$ 100 milhões ao redor do mundo, sendo US$ 37 milhões nos EUA – uma cifra bastante modesta para um filme com Brad Pitt, um dos galãs daquele momento, no papel principal.

Clube da Luta

8. “O Mágico de Oz” (1939)

Custo: US$ 2,7 milhões
Bilheteria: US$ 3 milhões

Hoje em dia, a bilheteria norte-americana do filme está pouco acima dos US$ 22 milhões, mas isso graças aos relançamentos que a produção teve nas últimas décadas. Na projeção inicial, “O Mágico de Oz” arrecadou meros US$ 3 milhões, mesmo tendo sido o filme mais caro da MGM até então.

O Mágico de Oz

Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.