Sabia que o final de “A Bruxa de Blair” era para ser diferente?
52
Compartilhamentos

Sabia que o final de “A Bruxa de Blair” era para ser diferente?

Último Vídeo

Em 1999, um filme independente e pequeno estourou nas bilheterias mundiais: “A Bruxa de Blair” custou apenas US$ 25 mil, mas arrecadou US$ 248 milhões, colando os filmes de terror filmados em primeira pessoa como a grande aposta para a década seguinte. Boa parte do sucesso se deu por conta do marketing do filme, que o vendeu como algo “real”. Assim, quando as pessoas viam o sinistro final em aberto, pensavam que os atores tinham sido mortos pela tal bruxa.

Acontece que esse final nem sequer estava no roteiro original do filme! Para quem não se lembra, em determinado momento do longa um dos entrevistados conta que um assassino colocava suas vítimas no canto do porão olhando para a parede antes de matá-las. No final, Heather encontra Mike nessa mesma posição antes de soltar um grito e derrubar a câmera.

Mesmo não revelando nenhuma vez a cara da bruxa e nem do assassino – supostamente Josh possuído pela tal entidade maligna – essa sequência final foi considerada extremamente assustadora na época. O mais curioso é que a ideia para essa cena surgiu apenas 3 dias antes de suas filmagens acontecerem.

final de a bruxa de blairFinal de "A Bruxa de Blair" chocou as plateias

Segundo os diretores Dan Myrick e Eduardo Sánchez, em uma entrevista recente, eles não tinham orçamento para efeitos especiais e ainda não sabiam exatamente como acabar a história. Quando esse final em aberto surgiu na mente criativa, eles acharam que isso combinaria com o restante do filme.

Só que as plateias das exibições-teste a acharam um pouco confusa. Por isso, nas gravações adicionais, Myrick e Sánchez criaram finais mais explícitos, como um com Mike amarrado no símbolo da bruxa e o peito jorrando sangue. Isso, porém, não combinaria com o tom menos explícito da produção.

De volta à mesa criativa, os diretores resolveram incluir a tal entrevista que explica o modus operandis de um antigo assassino possuído pela tal bruxa de Blair – cena que também não estava no roteiro, mas que justificava o primeiro final gravado, que acabou sendo usado na versão final do longa-metragem.

final alternativoFinal alternativo: filme quase teve desfecho completamente diferente

***

Sabia que fãs de filmes e séries agora estão no Clube Minha Série? Neste espaço, você também pode escrever e encontrar outros especialistas sobre seus programas favoritos! Acesse aqui e participe.

Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.