O caso de 'fake news' mais antigo da história tem 3 mil anos

O caso de 'fake news' mais antigo da história tem 3 mil anos

Último Vídeo

Um pesquisador da Universidade de Cambridge descobriu que a Arca de Noé não foi a única história da humanidade que envolvia grandes enchentes e exterminações de civilizações. O estudo foi realizado tendo como base uma tábua babilônica datada de mais de 3 mil anos que descrevia uma memória bastante similar ao dilúvio bíblico.

Martin Worthington, analista dos escritos, observou que algumas linhas do texto narravam a Enchente de Gilgamesh, interepretada de diferentes formas por conta da linguagem enganosa do deus Ea da Babilônia, possivelmente motivado por interesses pessoais. "Ea engana a humanidade espalhando notícias falsas", afirma o doutor. A lenda do dilúvio babilônico conta uma história bem distorcida da popular, onde o deus promete uma chuva de comida caso os cidadãos ajudassem Uta–napishti, "o Noé da Babilônia", a construir a arca. 

https://www.britannica.com/topic/Ea
(Fonte: Pierpont Morgan Library/Reprodução)

Porém, a análise dos versos postos na tábua são dúbios e traiçoeiros, responsáveis por confundir o entendimento da população através de um sonorização confusa e má intencionada. A manipulação da linguagem fez com que a arca fosse construída a tempo e o dilúvio devastasse a civilização, cumprindo com os propósitos da divindade. Segundo Worthington, esse pode ter sido o primeiro caso de "fake news" da história.

Na análise textual, o estudioso, especialista em cultura Babilônica, Assíria e Suméria, pontuou duas frases chave para a conclusão da duplicidade de interpretação. "ina šer(-)kukki" and "ina lilâti ušaznanakkunuši šamut kibati" podem ser interpretadas de duas maneiras.

  1. Positiva: "ao amanhecer, haverá bolos-kukku; ao anoitecer, irá chover sobre vocês uma chuva de trigo."
  2. Negativa: "por meio de encantamentos, por meio de demônios aéreos, irá chover sobre vocês tão grosso quanto grçãos de trigo; ao amanhecer, irá chover sobre vocês a escuridão na penumbra do crepúsculo, irá chover sobre vocês uma chuva tão grossa quanto grãos de trigo.

Aparentemente, a população foi enganada pelo sentido mascarado do texto, acreditando na versão da chuva de alimentos e "bolos", mas sofrendo as consequências mais tarde. A Enchente de Gilgamesh foi um dos eventos que inspirou a Bíblia, como observado por Worthington, que narra a mesma história bíblica da Arca de Noé, apesar das diferenças históricas com a presença de mais deuses, por exemplo. "As duas histórias são reconhecidamente as mesmas", conclui o pesquisador.

Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.