10 maneiras como o coronavírus mudou a Páscoa em 2020

10 maneiras como o coronavírus mudou a Páscoa em 2020

Último Vídeo

Historicamente, no ano de 2020, muita gente vai comemorar a Páscoa enclausurado. Ok, estamos exagerando um pouco nessa palavra, mas o feriado religioso vai ser um tanto quanto diferente neste ano. Por conta dos riscos da propagação da covid-19, doença oriunda da contaminação pelo coronavírus, muita gente está optando por quebrar as tradições do período e manter a quarentena.

A Páscoa tem origem em crenças pagãs, quando muitos festivais antigos aconteciam em torno dos equinócios e solstícios. De um inverno rigoroso a uma primavera repleta de calor, esse período ficou marcado como um ciclo de renovações nessas tradições. Obviamente, a Páscoa que conhecemos remonta ao cristianismo, que ressignificou a data focando na ressurreição de Cristo. As duas tradições têm em comum essa mesma temática de renascimento e fertilidade.

(Fonte: Unsplash)(Fonte: Unsplash)

Vale lembrar que a Páscoa também é uma das épocas do ano mais lucrativas para diversos setores, sobretudo nas fábricas de chocolate, que têm uma demanda acima da média nesse período (assim como no Natal), mas dessa vez vai ser diferente. A maioria das celebrações tradicionais da Páscoa no mundo foi cancelada ou alterada, de alguma forma, para cumprir as medidas de contenção estabelecidas mundialmente para conter o coronavírus. Muitas tradições que são comuns no mundo todo sofrerão algumas adaptações, vejamos o que mudou:

10. O Papa Francisco vai abençoar uma praça completamente vazia

Dezenas de milhares de fiéis católicos tradicionalmente lotam a Praça de São Pedro, no Vaticano, durante as celebrações da Semana Santa. Neste ano, o Papa Francisco fará suas orações via transmissão ao vivo e nas mídias sociais.

Papa Francisco durante o coronavírus. (Fonte: ListVerse)Papa Francisco durante o coronavírus. (Fonte: ListVerse)

9. Igrejas sem fiéis

Para evitar aglomerações, as igrejas fecharam as portas. E mesmo durante a Páscoa, as celebrações terão de ocorrer de uma outra forma a fim de evitar que muitas pessoas fiquem reunidas em um ambiente fechado. Muitas igrejas farão seus cultos ao vivo pela internet.

8. Sem restrições de carne na quaresma

Tradicionalmente, os católicos ficam sem comer carne vermelha durante a quaresma, optando geralmente por peixes. Mas neste ano, muitos bispos recomendaram aos fiéis que não restringissem a alimentação, tendo em vista que, por conta do coronavírus, uma certa escassez pôde ser notada em alguns lugares.

(Fonte: Unsplash)(Fonte: Unsplash)

7. Sem caça aos ovos de Páscoa

Muito comum em alguns países, a tradicional caça aos ovos escondidos não poderá acontecer este ano. Para evitar que a brincadeira fosse perigosa para as crianças, até mesmo a Casa Branca dos Estados Unidos cancelou seu tradicional evento de Páscoa pela segunda vez em 140 anos.

6. Festivais cancelados

Alguns festivais turísticos relacionados com a Páscoa foram cancelados em alguns países, como Austrália e Reino Unido. Além disso, muitos eventos esportivos e culturais foram adiados para quando o isolamento social for revogado.

(Fonte: Unsplash)(Fonte: Unsplash)

5. Sem viagens no feriado

Neste ano, o feriado não poderá ser aproveitado pelas pessoas que quiserem relaxar em outros lugares, principalmente porque muitas viagens foram proibidas em diferentes locais do mundo. Além disso, há alguns bloqueios em estradas sendo montados, como na França, para evitar que as pessoas se desloquem durante a quarentena.

4. Refeições em casa

Ao invés de lotarem restaurantes, churrascarias ou até mesmo se reunir com a família, muita gente terá que seguir com o tradicional almoço de Páscoa em isolamento. Mas aposto que muita gente irá ligar suas webcams e se reunir online com os amigos para essa ocasião.

(Fonte: Unsplash)(Fonte: Unsplash)

3. Celebrações religiosas

Algumas celebrações religiosas, como as tradicionais encenações teatrais da Paixão de Cristo, não acontecerão. Em Nova Jerusalém, Pernambuco, o evento que recebe muitos turistas todos os anos foi adiado para o segundo semestre de 2020.

2. Quarentena

Muita gente vai aproveitar a ocasião para colocar suas séries em dia, além de ver alguns filmes disponíveis nos catálogos de diferentes serviços de streaming. Assim como no começo da quarentena, quem não estiver fazendo home office tem como ótima opção colocar seu entretenimento favorito em dia.

(Fonte: Unsplash)(Fonte: Unsplash)

1. Coelhinho da Páscoa

Uma coisa que ainda não está clara, nem mesmo durante a pandemia, é a origem de um coelho entregador de ovos de chocolate. Esses animais, que de acordo com veterinários não correm riscos diante da covid-19, podem ser vistos em iluminuras medievais e também são encontrados em relatos sobre os festivais pagãos de fertilidade que ocorriam na Europa durantes as celebrações da primavera. Mesmo assim, hoje em dia, o Coelho da Páscoa é uma bela jogada de marketing de diversas empresas para faturar durante o período. E funciona!

Certamente, esta Páscoa de 2020 vai marcar muitas pessoas pelo mundo afora.

Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.