17
Compartilhamentos

Navy Blim L-8: o mistério do dirigível da Segunda Guerra Mundial

Algo de muito estranho aconteceu naquele domingo nublado de 16 agosto de 1942, quando dois oficiais experientes da Marinha dos Estados Unidos, Ernest W. Cody e Charles E. Adams, embarcaram em um voo de patrulha no dirigível L-8 desenvolvido pela Goodyear Aircraft Company, que partiu da pequena base avançada estabelecida em Treasure Island, na Califórnia.

Voando baixo para tentar identificar qualquer embarcação inimiga, eles estavam nas últimas horas de inspeção quando sobrevoaram o canal de entrada da baía de São Francisco, a alguns quilômetros da ponte Golden Gate. Os oficiais chegaram a acenar para os pescadores e membros da Marinha e da Guarda Costeira que estavam fazendo patrulha pelas águas.

(Fonte: Historic Mysteries/Reprodução)(Fonte: Historic Mysteries/Reprodução)

As testemunhas que estavam nas águas identificaram uma mancha de óleo, indicando a possível presença de um submarino. Do L-8, Cody e Adams também perceberam, por isso o dirigível passou a voar em círculos enquanto eles, provavelmente, reportavam o que estavam vendo.

No entanto, de repente, o L-8 não completou a segunda volta, tampouco bombardeou as águas. Em vez disso, ele disparou para cima e se perdeu pelas nuvens. Cerca de 2h30 depois, o dirigível emergiu das nuvens e flutuou por 762 metros de altura até começar a cair.

Para onde foi

(Fonte: Pinterest/Reprodução)(Fonte: Pinterest/Reprodução)

O dirigível foi cair em uma Estação de Patrulha de Artilharia da Costa do Exército, e foi avistado por dois pescadores que estavam na praia no momento. Quando o L-8 aterrissou na areia, os homens perceberam que a porta da gôndola estava aberta e que não havia ninguém dentro do cesto.

Logo em seguida, o vento levou o dirigível de volta para os ares novamente, fazendo-o rodar e derrapar a poucos metros do chão, indo parar em uma rua em Dala City, no subúrbio de São Francisco, depois de se arrastar por cerca de 15 minutos.

No quartel general, a última mensagem emitida por Cody foi recebida às 7h50, quando ele comunicou que estava investigando a mancha de óleo. Um relatório completo deveria ter sido encaminhado ao quartel, mas isso nunca aconteceu. Só às 10h, meia hora depois do programado para o dirigível voltar, que um piloto de avião comunicou que havia encontrado o dirigível.

(Fonte: Pinterest/Reprodução)(Fonte: Pinterest/Reprodução)

Os investigadores da Marinha realizaram uma investigação apurada no dirigível e determinaram que nada estava faltando, nem mesmo os paraquedas. Eles entrevistaram pescadores e outras testemunhas que acompanharam o trajeto da nave, mas também não chegaram a lugar algum. Onde foi parar a tripulação do L-8?

Por várias semanas, a Marinha vasculhou a costa para tentar encontrar Cody e Adams, mas sem sucesso. O dirigível não possuía nenhum problema, então como os dois homens simplesmente desapareceram?

Você sabia que o Mega Curioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.