Dois novos planetas podem existir e estão perto de serem descobertos
184
Compartilhamentos

Dois novos planetas podem existir e estão perto de serem descobertos

Último Vídeo

Você sabia que pelo menos dois novos planetas podem estar escondidos nas profundezas escuras do nosso espaço, bem além de Plutão, só na espera de suas descobertas? Segundo pesquisadores que fizeram uma nova análise dos objetos extremos transnetunianos ("extreme trans-Neptunians objects", ou ETNOS), o Planeta X e o Planeta Y existem.

De acordo com a equipe de estudo, os dois planetas possuem uma distância média do Sol de cerca de 150 unidades astronômicas (UA). Leva-se em consideração que 1 UA é a distância da Terra até o Sol, e isso equivale a 150 milhões de quilômetros. Com relação ao sistema solar, estas órbitas têm uma inclinação de quase 0 grau.

A diferença com relação a outros ETNOS

Porém, os cientistas já pesquisaram cerca de 13 ETNOS e as órbitas deles são bastante diferentes, com semieixos maiores que variam de 150 a 525 UA e inclinações médias de cerca de 20 graus. Carlos de la Fuentes Marcos, professor da Universidade de Madrid e coautor da pesquisa, explica em um comunicado:

"A grande quantidade de objetos com parâmetros orbitais diferentes tem-nos feito acreditar que algumas forças invisíveis estão alterando a distribuição dos elementos, e consideramos que a explicação mais provável para tudo isso é que os outros planetas que ainda são desconhecidos estão muito além de Netuno e Plutão".

Ele ainda observa: "O número exato de planetas desconhecidos é incerto, uma vez que os dados que nós temos são bastante limitados, mas os nossos cálculos sugerem que existem pelo menos dois planetas dentro dos limites do nosso sistema solar, e provavelmente até bem mais do que isso".

Ainda segundo os pesquisadores, os potenciais mundos desconhecidos seriam bem mais massivos que a Terra e a quantidade de 150 UA poderia ser um equívoco, sendo essa quantidade bem maior, levando os planetas tão longe que seria muito difícil — quase impossível — de detectá-los com aparelhos atuais.

Vem aí... Planeta X e Planeta Y

Entretanto, essa não foi a primeira pesquisa na qual o Planeta X foi detectado. Em março de 2014, Chadwick Trujillo e Scott Sheppard anunciaram a descoberta do 2012 VP113, um ETNO que estaria 80 AU mais perto do Sol. Junto com Sedna (outro ETNO pesquisado), eles poderiam ser mais dois mundos ainda desconhecidos.

Sedna e 2012 VP113 teriam sido empurrados para fora de suas posições iniciais por interações ao longo dos anos com outras estrelas no aglomerado. De la Fuente Marcos e seus colegas reconhecem a possibilidade de que haja outros cenários alternativos também. Tudo isso ficará mais claro de acordo com as pesquisas que vão surgindo.

"Se forem confirmados, os nossos resultados podem ser verdadeiramente revolucionários para a astronomia", disse de la Fuentes Marcos. Torcemos para que novos estudos possam trazer novidades positivas para essa área e que isso instigue a curiosidade dos pesquisadores para que fique cada vez mais perto a descoberta dos dois novos planetas.

Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.