Pessoas impulsivas tendem a ser obesas, diz pesquisa

02/08/2011 às 14:391 min de leitura

A Associação Americana de Psicologia acaba de divulgar os resultados de um estudo desenvolvidos com dados coletados por mais de 50 anos. Entre várias descobertas, a principal é que a impulsividade é o maior indicador da obesidade. A relação foi estabelecida pelos pesquisadores ao notarem que, entre os participantes da pesquisa, os mais ansiosos eram também os mais pesados.

Tudo indica que o comportamento tem muita influência sobre o corpo. O estudo acredita que as pessoas que costumam ceder às tentações e se descontrolarem fazem isso para compensar dificuldades ou frustrações que tenham sofrido. Todo mundo sabe que para ter um corpo saudável é preciso seguir uma dieta rigorosa e não abrir mão dos exercícios físicos, mas isso exige disciplina – o que é muito difícil de ser alcançado por pessoas altamente impulsivas.

Como um dos pioneiros nos estudos que relacionam a massa do corpo com os traços da personalidade, o National Institute on Aging sondou 1988 candidatos para buscar os possíveis efeitos dessa relação. Os voluntários foram avaliados entre cinco características da personalidade humana: timidez, extroversão, desenvoltura, sociabilidade e impulsividade, bem como nas suas subcategorias. Ao longo dos 50 anos do estudo foram feitas avaliações constantes.

Mesmo o aumento de massa sendo bastante comum conforme se dá o envelhecimento, o que chamou atenção dos pesquisadores foi o ganho de peso em pessoas impulsivas e também nas que gostam de correr riscos, são cínicas, competitivas ou agressivas. Outros estudos de personalidade demonstraram que pessoas impulsivas têm tendência a consumir alimentos e álcool acima do normal e isso também contribui para o ganho de peso.

Mas lidar com características da personalidade associadas a mecanismos físicos é uma tarefa bastante complexa. Os pesquisadores acreditam que seguindo com esses estudos será possível entender melhor a relação entre a personalidade e a obesidade e, assim, procurar desenvolver tratamentos específicos.

Fonte
Imagem

Últimas novidades em Saúde/bem-estar

NOSSOS SITES

  • TecMundo
  • TecMundo
  • TecMundo
  • TecMundo
  • Logo Mega Curioso
  • Logo Baixaki
  • Logo Click Jogos
  • Logo TecMundo

Pesquisas anteriores: