7 histórias sobre a sexta-feira 13 que tornam esta data tão maravilhosa
504
Compartilhamentos

7 histórias sobre a sexta-feira 13 que tornam esta data tão maravilhosa

Último Vídeo

Mais uma sexta-feira 13 veio dar as caras, e Jason já prepara os seus aparatos para voltar à ação. A data, muito simbólica para as obras de terror, é cercada de lendas e superstições e virou até motivo de fobia! Acredite, “Parasquavedequatriafobia” é o nome que se dá à aversão por este dia.

Você sabe de onde vieram todas essas histórias? Conheça os primórdios de tudo e algumas curiosidades sobre o tema:

Mãe é mãe

1. Origem nórdica

Ninguém pode afirmar com certeza, mas, ao que tudo indica, a lenda teve origem na mitologia nórdica. Sabe quando você arma uma festinha só com os amigos mais íntimos, mas aquela pessoa indesejada aparece e cria o maior climão? Então, foi exatamente isso que aconteceu: 12 divindades compareceram a um grande banquete no Valhalla – que era como a casa dos deuses.

Fizeram uma festinha e não me chamaram?

O que era para ser só diversão acabou em tragédia quando Loki, um espírito do mal e da discórdia, apareceu e criou uma grande confusão, causando a morte do deus Balder. A partir dessa história, surgiu a crença de que convidar 13 pessoas para algo dava azar. Então, preste atenção na sua lista de convidados da próxima vez.

2. Versão católica

Há também a crença de que Jesus foi crucificado em uma sexta-feira depois de ter 13 pessoas à mesa, na última ceia.

Última ceia

3. A vingança de Freya

É bem provável que, quando a cantora Rebecca Black lançou a música – grudenta – “Friday”, não fazia a menor ideia da origem dessa palavra. Lá da Escandinávia, veio a deusa Freya, que representava o amor e a beleza – assim como a deusa Vênus na mitologia grega.

Seu nome deu origem ao “dia de Freya”, que se tornou “Friday”, sexta-feira por aqui. Apesar de simbolizar coisas bem bonitas, nós sabemos que o amor, por vezes, pode nos levar ao limite e, por isso, ela se tornou vingativa e se transformou em bruxa quando as tribos nórdicas e alemãs começaram a se converter ao cristianismo.

A vingança da deusa

Para realizar o seu plano maligno, Freya chamou 11 de suas amigas bruxas e marcou encontros semanais entre as meninas. Quando? Toda sexta-feira, claro! Qualquer semelhança com a realidade não é mera coincidência.

Achou pouco? Pois a ex-deusa e agora princesa das trevas ainda convidava o Capiroto para fazer parte desses encontros. Afinal, precisavam de 13 pessoas.

4. Contrate o 14º convidado

Como você percebeu, muita gente não curte reunir 13 pessoas em um mesmo ambiente – vai que dá problema, né? Por isso, lá na Terra do Tio Sam, se você estiver com esse número exato de pessoas em uma mesa, pode contratar um convidado profissional para se livrar de vez das superstições.

Contrate o 14º convidado

 5. Dia de prejuízo

Se você ficou meio incrédulo com essa história de fobia da sexta-feira 13, saiba que, quando a data chega, nos Estados Unidos, cerca de 900 milhões de dólares são perdidos, já que as pessoas não querem fechar nenhum negócio.

"Melhor não sair de casa"

6. Mais acidentes

Lembra da Allianz Seguros? Aquela dos videozinhos antes dos filmes – “entrar com latas e garrafas? Nananinanão”. Pois é, a empresa fez um estudo e descobriu que há mais registros de acidentes de carros nessa data do que em qualquer outro dia do ano.

"Entrar com latas e garrafas? Nananinanão"

7. Grandes tragédias que aconteceram em uma sexta-feira 13

Coincidências à parte – ou não –, muitos acidentes famosos aconteceram nessa data. Quer ver só? O transatlântico Costa Concórdia naufragou em 13 de janeiro de 2012; a nave da missão Apollo 13 explodiu no dia 13 de abril de 1970; o acidente com o avião da Força Aérea do Uruguai, que levava uma equipe uruguaia de rúgbi, caiu na Cordilheira dos Andes em 13 de outubro de 1972.

Apollo 13

*Publicado em 13/01/2017

Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.