5 coisas inacreditáveis que são proibidas ao redor do mundo
2.417
Compartilhamentos

5 coisas inacreditáveis que são proibidas ao redor do mundo

Último Vídeo

1. Kinder Ovo

Nos Estados Unidos, uma antiga lei, de 1938, proíbe brinquedos que possam causar asfixia em crianças, por isso o Kinder Ovo é banido por lá. Quem tenta entrar no país com a guloseima pode ser barrado por contrabando! O lance é se deliciar com ele por aqui se você tiver coragem de pagar o preço dele...

Brinquedos pequenos podem levar crianças ao sufocamento

2. Nomes de bebês

Já fizemos uma lista com nomes proibidos ao redor do mundo, mas é sempre curioso nos lembrarmos de alguns casos. No Brasil, não se pode colocar o nome de Saddam Hussein; enquanto na Nova Zelândia é proibido Stallion, algo como “garanhão”, em tradução do inglês. Já a Dinamarca mantém uma lista de 7 mil nomes permitidos.

Alguns nomes de bebês são proibidos ao redor do mundo

3. Chiclete

Cingapura é considerado um dos países mais limpos do mundo, principalmente por suas leis severas contra cuspir ou jogar lixo na rua. Talvez seja por isso que o chiclete seja banido. Você só pode consumi-lo se tiver alguma receita médica que indique a sua necessidade.

Você só pode mascar chiclete em Cingapura se tiver receita médica para isso

4. Dançar em clubes noturnos

Durante a Segunda Guerra Mundial, os salões de dança no Japão se tornaram fachadas para a prostituição. Por isso, o país proibiu as danças em discotecas a partir da meia-noite. A aplicação dessa lei já foi mais severa, mas estão tentando aliviá-la por conta dos Jogos Olímpicos de 2020, que serão realizados em Tóquio.

Baladas no Japão devem acabar antes da meia-noite

5. Cortes de cabelo

Em 2010, o Irã sancionou a lei que proibia os homens de ostentarem penteados considerados ocidentais. Por isso, rabos de cavalo e mullets estão fora dos cardápios dos cabeleireiros iranianos. O mesmo vale para quem usa cabelos espetados! Ainda assim, o gel está liberado.

Mullets deveriam ser proibidos em todo o planeta

*Publicado em 15/12/2016

Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.