Sessão da Tarde: Curtindo a Vida Adoidado

Sessão da Tarde: Curtindo a Vida Adoidado

Equipe MegaCurioso
Último Vídeo

Na falta de um filme novo (e bom) para assistir, nada melhor do que voltar aos clássicos, revisitando aquelas produções que marcaram sua memória. Entre elas, os filmes da “sessão da tarde” estão em destaque, já que os víamos incessantemente na televisão durante as férias ou quando estávamos "de bobeira” em casa, durante a semana.

Um dos grandes destaques dessa época fica por conta de “Curtindo a Vida Adoidado”, de 1986 (chamado Ferris Bueller’s Day Off”, no original). Ali, conhecemos Ferris Bueller (interpretado por Matthew Broderick), um garoto inteligente e completamente desencanado, que resolve matar aula e curtir o que a vida tem para oferecer.

Fonte da imagem: Divulgação/Paramount

Para isso, ele convence seus melhor amigo Cameron (Alan Ruck) e sua namorada Sloane (Mia Sara) a acompanhá-lo até a cidade, onde eles vão ao museu e até mesmo assistem (e, no caso de Ferris, participam) de um desfile no meio de uma tarde semanal.

Enquanto os jovens aproveitam o tempo de “folga”, o diretor Rooney (Jeffrey Jones) resolve dar um ponto final nas armações de Bueller, aluno que o enlouquece há vários anos. Ao mesmo tempo, a notícia de que Ferris está doente se espalha pela escola, tomando proporções gigantescas.

Tudo isso é pano de fundo para John Hughes, responsável pelo filme (e por outros como “O Clube dos Cinco”, “Gatinhas e Gatões” e “Esqueceram de Mim”), discutir o crescimento dos adolescentes para a vida adulta, com todas as mudanças boas e ruins que acompanham a nova fase (assunto recorrente na obra do diretor e roteirista).

“Curtindo a Vida Adoidado” não é um ícone e um marco de sua geração à toa. Além de tocar de forma delicada nos temas dos jovens, ele ainda mostra um roteiro extremamente bem amarrado e divertido. Afinal, tem como não rir da situação na qual o diretor se encontra ao final de sua “jornada”?

Simples, porém tocante, o filme continua em nosso “hall da fama” até hoje, enquanto os que gostam de Hughes aguardam por outra produção do gênero, uma que cause o grande impacto que esta mantém (inclusive atualmente). Você duvida? Confira o vídeo de Matthew Broderick no melhor estilo Ferris em um comercial para o Superbowl, veiculado neste ano:

Com este pequeno “gostinho”, será que não vale a pena pensar em um “reboot”? Os fãs certamente iriam prestar atenção.

Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.