Os Queridinhos da América

Os Queridinhos da América

Equipe MegaCurioso
Último Vídeo

Em dias de tédio e preguiça, nada melhor do que rever um bom filme que aguarda pacientemente na prateleira. Nessa semana, me deparei novamente com “Os Queridinhos da América”, uma comédia romântica pra lá de simpática.

O filme é protagonizado por John Cusack, Catherine Zeta-Jones e a sempre poderosa Julia Roberts, que completa o triângulo (quadrado?) amoroso da produção. A história narra a história de Gwen (Zeta-Jones) e Eddie (Cusack), dois astros de cinema que passam por uma separação sem nenhuma privacidade.

Fonte da imagem: Divulgação/Columbia

Por se tratar do casal mais amado da América, os dois precisam comparecer ao lançamento do último filme que gravaram juntos na tentativa de resgatar suas carreiras. Eddie ainda ama a esposa, porém ela está com Hector, um amante latino forte e sem noção. Ao mesmo tempo, Gwen está acompanhada de Kiki (Roberts), sua irmã e assistente que sempre foi apaixonada por Eddie.

Para aumentar o problema, é preciso entreter a imprensa que está reunida no local, já que o filme ainda não foi entregue pelo maluco diretor Hal Weidmann (Christopher Walken).

“Os Queridinhos da América” faz uma crítica bem humorada a diversas situações do mundo do entretenimento, caso das entrevistas intermináveis de elenco, dos produtores sem escrúpulos, da falta de privacidade e do uso abusivo da imagem pública dos astros e estrelas do cinema.

Por outro lado, temos uma história apaixonante de alguém que finalmente percebe existe muito mais por trás das aparências ostentadas em frente aos holofotes. Uma opção despretensiosa para quem procura por algumas horas de diversão.

O filme, lançado em 2001, é dirigido por Joe Roth e roteirizado por Peter Tolan e Billy Crystal, ator que também faz parte do elenco da produção.

Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.