Qual o estilo de coque certo para você?

28/03/2012 às 06:222 min de leitura

Os vários estilos de cabelo usados por Adele. Fonte: Getty Images

Não foi apenas o mundo da música que foi influenciado por Adele. Na moda e na beleza, a cantora contribuiu para que o estilo dos anos 1960 voltasse a ser tendência, por meio de seu cabelo volumoso e coques desfiados, que agora são copiados em salões de várias partes do globo.

Os cabelos penteados de maneira volumosa foram sinônimos de glamour muito antes do sucesso de Adele. Nesse contexto, o coque é o que mais têm feito sucesso, tanto que tem aparecido frequentemente nos red carpets, em celebridades como Emma Stone, Jennifer Lopez e Tina Fey. Não é à toa que ele tem sido campeão de pedidos entre os penteados para festas.

A boa notícia é que, por ter diversas variações, o coque pode ser usado por todas as mulheres, independente da idade. De acordo com Luís Fernando Araújo, o Nando do salão Lady & Lord, rede de cabeleireiros e estética do sul do Brasil, é possível reproduzir o estilo em um cabelo muito alto com bastante volume e desfiado, até coques baixos, sem volume. “Ele valoriza o rosto e destaca o seu formato. Há coques para todos os desenhos de face e ocasião”.

Qual coque certo para você?

O cabeleireiro dá algumas dicas de como acertar na escolha do estilo de coque. Em geral, é preciso observar qual o seu formato de rosto e corte das madeixas.

Coque bola. Fonte: Divulgação - Lady & Lord

O mais democrático é o coque banana, um dos mais tradicionais, e que fica bem em todos os tipos de face. A franja pode ser usada como detalhe para disfarçar faces mais largas, efeito que também pode ser conquistado deixando alguns fios soltos.

Há também uma versão mais moderna, o coque baixo com trança na parte de trás. Ele pode ser feito de forma mais bagunçada, com franja penteada para frente e combina com todos os formatos de rosto. O coque com trança lateral é outra variação que se adapta bem em todas.

Uma alternativa que também combina com todas as mulheres é o coque bola. Ele é muito volumoso e preso bem no alto da cabeça, sendo perfeito principalmente para noivas e outras ocasiões mais sofisticadas.

Quem tem rosto mais fino pode investir no coque rosquinha, variação consagrada pela atriz Audrey Hepburn, no filme Bonequinha de Luxo. O cabelo é preso bem no alto da cabeça e lembra o formato de uma rosca.

Coque clássico. Fonte: Divulgação - Lady & Lord

Por fim, há ainda o coque clássico, que é o mais fácil de fazer. Algumas mulheres, inclusive, o fazem sem querer, prendendo o cabelo de forma despojada nos dias de calor. O estilo cai bem principalmente nos rostos finos, mas pode ser adaptado nas faces mais cheinhas deixando fios soltos ou usando a franja. No entanto, quem possui testa larga, deve usá-lo com o cabelo bem para o lado.

Além do coque

Quem quer entrar na onda do estilo dos anos 1960, mas não gosta de coques, não precisa ficar de fora da tendência. Há opções que seguem os looks da época usados por Brigite Bardot e Martha Rocha e que já foram copiados por Amy Winehouse e pela própria Adele.

Eles deixam uma parte do cabelo solto e são muito volumosos no topo da cabeça. Além disso, os fios desfiados ainda deixam o visual mais charmoso.

Fonte
Imagem

Últimas novidades em Saúde/bem-estar

NOSSOS SITES

  • TecMundo
  • TecMundo
  • TecMundo
  • TecMundo
  • Logo Mega Curioso
  • Logo Baixaki
  • Logo Click Jogos
  • Logo TecMundo

Pesquisas anteriores: