No ano passado, trouxemos a história do então maior inseto do mundo, descoberto em 2014 com 62,4 cm e pertencente à espécie Phryganistria chinensis Zhao, conhecida por aqui como bicho-pau por se assemelhar aos galhos de uma árvore. Agora, esse recorde foi superado!

O novo recordista, entretanto, vai deixar o troféu “na família”, já que se trata de um filhote do antigo maior do mundo. O monstrinho mede 64 cm de comprimento e foi desenvolvido em laboratório pelo pessoal do Museu de Insetos da China Ocidental (IMWC). Ele fez parte de uma ninhada com mais cinco “irmãozinhos”, originados da mesma fêmea descoberta há três anos.

Zhao Li, curador do museu e responsável pela descoberta, acredita que o bicho-pau recordista vai crescer ainda mais. O entomologista explica que a espécie costuma crescer até o primeiro ano de vida, o que ainda vai levar quatro meses para acontecer. Dessa forma, é possível até que o campeão ultrapasse a marca dos 70 cm! 

Zhao Li segura o grandalhão