Por que bebês engatinham antes de andar?
43
Compartilhamentos

Por que bebês engatinham antes de andar?

Último Vídeo

Bebês são criaturas incríveis, cheias de novidades e que funcionam de um jeito todo único. Muitos dos comportamentos dos pequenos são inatos, por mais estranho que isso possa parecer. Recém-nascidos, por exemplo, têm o chamado reflexo de marcha automática, e se você tentar posicionar um recém-nascido em pé (com todo o cuidado, dando suporte à cabeça do bebê e a todo ele, sem jamais soltá-lo), vai perceber que ele faz movimentos com as perninhas como se estivesse querendo andar.

Depois de dois meses, no entanto, esse reflexo some e volta a aparecer quando o bebê estiver prestes a andar. Acredita-se que esse reflexo serve também para treinar a musculatura do pequenino e seus nervos motores. O reflexo só desaparece depois dos dois meses de vida do bebê porque ele fica muito gorducho, uma vez que seus músculos crescem mais rapidamente do que a altura.

Quando os bebês estão maiores, eles são facilmente estimulados por brinquedos e objetos curiosos, e esse é um dos maiores motivos que os faz querer engatinhar ou se arrastar pela casa com o bumbum no chão.

Descobridor

bebês

A partir do momento em que percebem que não precisam mais da ajuda dos adultos para alcançar aquela bolinha que está dando sopa no chão ou para tentar pegar de vez o famigerado controle remoto, o bebê começa a se locomover da forma que for melhor para ele.

Para ir de um ponto ao outro, o pequenino vai testando formas diferentes de locomoção até encontrar uma com a qual se adapte melhor. Inicialmente, eles vão se arrastando pelo chão, com a ajuda das mãos e do bumbum, o que é sempre algo fofo de ver. Quando já sentam bem e com bastante equilíbrio, logo descobrem que colocar as mãozinhas no chão enquanto estão de joelhos é uma grande jogada.

Espertinhos!

bebês

A partir daí, o bebê engatinha e se arrasta pela casa até que consiga ficar em pé sozinho por alguns segundos e, eventualmente, aprenda o exercício maluco de trocar passos. Andar depende de força muscular e de equilíbrio, mas às vezes os bebês, que são ótimos estrategistas, vão acabar preferindo engatinhar simplesmente porque isso é mais rápido.

O que importa nesse processo todo é que crianças nem sempre precisam de exemplos para aprender. São curiosas por natureza, e precisam apenas de um ambiente seguro no qual tenham mobilidade e chances de tentar. Em relação a engatinhar, basta deixar a criança no chão, em um ambiente limpo e seguro, com supervisão, para que ela comece a descobrir o mundo por si só. A partir daí, a movimentação só vai aumentar.

***

Você conhece a newsletter do Mega Curioso? Semanalmente, produzimos um conteúdo exclusivo para os amantes das maiores curiosidades e bizarrices deste mundão afora! Cadastre seu email e não perca mais essa forma de mantermos contato!

Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.