Conheça 'A Grande Agonia', maior extinção em massa que aconteceu na Terra
80
Compartilhamentos

Conheça 'A Grande Agonia', maior extinção em massa que aconteceu na Terra

Último Vídeo

Até onde sabemos, aconteceram cinco grandes extinções na história do nosso planeta. Dentre todas elas, a maior foi a extinção Permiano-Triássico, ou "A Grande Agonia". Por conta dela, há 252 milhões de anos, 96% dos animais aquáticos e 70% dos animais terrestres foram mortos. 

De acordo com um novo estudo publicado na Nature Communicationsas primeiras vítimas desse evento não foram os animais, mas as plantas. Os cientistas acreditam que "A Grande Agonia" teve início por conta de uma série de erupções nas províncias magmáticas da Sibéria, ou "trapps siberianos". A região se localiza ao norte da Rússia, sobre uma formação geológica de rochas vulcânicas. 

(Reprodução/Viajar Verde)

Esse ambiente propiciou a liberação de uma mistura nociva de monóxido de carbono, dióxido de carbono, dióxido de enxofre e metano. Esses gases na atmosfera causaram um intenso período de aquecimento global e, possivelmente, uma chuva ácida letal. Assim, o planeta Terra se tornou um lugar hostil e inabitável para a maior parte das espécies existentes.

Uma equipe da Universidade Nebraska-Lincoln identificou altas concentrações de níquel nas pedras argilosas da Bacia de Sydney. Além disso, uma amostra de pólen fossilizado foi comparada a sedimentos dos penhascos no sudeste da Austrália. A equipe descobriu que ambos possuíam níquel em sua composição química, apesar de os penhascos não se localizarem perto de nenhuma fonte de metal.

Imagem com revelo dos trilobitas, artrópodes que foram extintos durante "A Grande Agonia" (Reprodução/IFL Science)

A hipótese é de que o níquel tenha chegado a essa região graças às erupções vulcânicas que ocorreram nas províncias magmáticas da Sibéria, citadas anteriormente. O processo pode ter causado mudanças físicas nesse elemento, que foi arrastado pelo vento até o continente australiano.

Ademais, outros lugares apresentaram essas mesmas semelhanças, o que reforça a teoria da equipe. Segundo os estudiosos, essas informações podem indicar que algumas espécies de plantas da Austrália foram extintas aproximadamente 400 mil anos antes da maioria dos animais.

Plantas fossilizadas que foram extintas durante "A Grande Agonia" (Reprodução/Flickr - James St. John)

"Essas são ótimas notícias", disse o professor Christopher Fielding, líder da pesquisa. Ele ainda declarou que muitos já insinuaram que as plantas foram as primeiras vítimas dessa extinção em massa, mas ninguém havia encontrado indícios suficientes para estabelecer uma linha cronológica.

Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.