NASA: cometa 'C/2019 Q4' veio de fora do sistema solar

NASA: cometa 'C/2019 Q4' veio de fora do sistema solar

Último Vídeo

O cometa recém descoberto C/2019 Q4 pode ser o segundo objeto identificado como interestelar já observado pelos humanos em todos os tempos. Descoberto no dia 30 de agosto, por Gennady Borisov, do observatório MARGO, na Crimeia, o cometa está sendo estudado pela NASA.

O motivo pelo qual os cientistas desconfiam que o C/2019 Q4 se originou fora do sistema solar é a velocidade com a qual ele viaja: aproximadamente 150 mil quilômetros por hora. Quanto mais rápido um corpo celeste trafega, maiores são as chances de que sua origem seja de fora do nosso sistema planetário.

Fonte: Pixabay/Reprodução

Felizmente (ou não, para alguns), o C/2019 Q4 não oferece nenhum risco para a Terra. No ponto mais próximo que ele passará de nós, ele estará a 305 milhões de quilômetros de distância. Essa também é distância mínima que ele ficará do sol, o que deve ocorrer no dia 8 de dezembro deste ano. Por volta dessa data, também, é que seu brilho ficará mais visível para os observatórios terrestres.

No momento, o cometa está a 418 milhões de quilômetros do sol, e vindo na direção do nosso sistema. Os cientistas supõem que, depois de passar por aqui, ele deve sair do sistema solar e retornar para o espaço aberto sem alterar sua rota.

O C/2019 Q4 foi considerado um cometa por causa de sua aparência difusa, com o centro de seu corpo parecendo ser feito de gelo. Se ele for confirmado como um objeto interestelar, será o segundo observado por nós até agora. Em outubro de 2017, o cometa Oumuamua já tinha sido considerado originado fora do sistema solar.

NASA: cometa 'C/2019 Q4' veio de fora do sistema solar via TecMundo

Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.