Tamanho do espermatozoide é diferente entre animais

Tamanho do espermatozoide é diferente entre animais

Último Vídeo

Você já parou para pensar que os espermatozoides de diferentes espécies de animais variam em tamanho?Ah, variam… E muito! “Assim como o tamanho, o formato da célula reprodutiva masculina também varia de uma espécie para outra”, afirma a veterinária Flávia Thomaz Verechia Pereira, da Unesp de Dracena (SP).

E vale dizer que o tamanho do espermatozoide não é influenciado pelo tamanho do animal, viu? O maior que já se encontrou, por exemplo, é o da mosca-das-frutas (Drosophila melanogaster): esse bichinho mede três milímetros, mas consegue produzir um espermatozoide de 5,8 cm. Para ficar mais fácil a visualização, é como se um homem de 1,70 metros de altura produzisse espermatozoides de 33 metros.

Apesar de alguns defenderem que “tamanho não é documento”, nesse caso é sim. Estudos indicam que quanto maior o espermatozoide for, mais rápido ele também será, com chances elevadas de fecundar o óvulo. Compare agora diferentes espécies de animais com as dimensões de seus espermatozoides ampliadas em cem vezes!

(Fonte: Superinteressante/Reprodução)

Mosca-das-frutas

Da espécie Drosophila melanogaster, ela ostenta seus 5,8 cm ocupando o primeiro lugar do ranking. As fêmeas acasalam com inúmeros machos, enquanto os espermatozoides lutam para chegarem primeiro no óvulo. Mas por que essa mosca tem uma cauda tão grande? Justamente para impedir que os concorrentes machos alcançem a linha de chegada antes.

Rato

Da espécie Rattus norvegicus, esse bicho ejacula 58 milhões de “sementinhas” por vez, que medem 170 µm. E, além disso, de acordo com os cientistas, ele possui um “gancho” na cabeça para cravar em seus inimigos durante a hora H.

Homem

(Fonte: Uol/Reprodução)

Da espécie Homo sapiens, os seres humanos têm um dos menores espermatozoides entre os mamíferos, medindo apenas 60 µm — mas, pelo menos, ganhamos do elefante que tem 58,5 µm. A cada ejaculação, 180 milhões são liberados e, os sortudos que entram na mulher, sobrevivem por até 48 horas.

Jubarte

Da espécie Megaptera novaeangliae, os machos medem até 16 metros com suas 40 toneladas. Mas, apesar de serem enormes, as jubartes não precisam de gametas tão grandes para fecundar a fêmea: 52,5 µm basta.

Jararaca

(Fonte: Dicionário Ilustrado Tupi Guarani/Reprodução)

Da espécie Bothrops diporus, ela ocupa o posto de uma das cobras mais venenosas do Brasil. A sua cauda serve, inclusive, para fins reprodutivos sendo utilizada para lançar os espermatozoides de  90 µm com maior velocidade.

Galo

Da espécie Gallus gallus, esses bichos ostentam gametas um pouco diferente: com uma cabeça maior e o “corpo” pontudo e afilado. Em uma ejaculação, o galo lança somente 0,5 ml de sêmen dentro da galinha que contém, no entanto, 3,5 bilhões de células reprodutoras de  100 µm.

E, então, o que achou do desempenho desses animais? Compartilhe a sua opinião conosco nos comentários!

Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.