SpaceX lança 60 novos satélites Starlink

SpaceX lança 60 novos satélites Starlink

Último Vídeo

A SpaceX botou em prática a missão Starlink-3 para colocar mais 60 satélites na órbita da terra. O sucesso da empreitada foi concluído hoje (29) quando os restos dos foguetes caíram no oceano.  A empresa privada comandada por Elon Musk, somando as novas conquistas, conta com 240 satélites da constelação Starlink em volta do Planeta Água. 

A missão foi batizada de Starlink-3 e teve seu lançamento adiado, na semana passada, por causa de ventos fortes que poderiam comprometer o êxito da tentativa. Dessa forma, o foguete tinha a expectativa de decolar no dia 28 de janeiro. Entretanto, houve uma nova frustração por conta de uma agitação do mar que poderia afetar o processo de pouso do foguete que implanta os sateíltes na órbita. 

O lançamento

A missão foi protagonizada pelo foguete Falcon 9 que concluiu seu terceiro vôo na história. Ele decolou em direção à orbita terrestre às 9h, quando saiu do Space Launch Complex 40, na Estação da Força Aérea de Cabo Canaveral, Flórida. O foguete carregava todos os 60 satélites Starlink para a crescente constelação da SpaceX, este foi o segundo lançamento da companhia neste mês.

(Fonte: SpaceX/Twitter)

Cada satélite é idêntico ao outro e pesa, aproximadamente, 220 quilogramas cada um. Todos os eles foram implantados com sucesso cerca de uma hora após a decolagem (aproximadamente às 10h). Eles fazem parte de uma rede em crescimento chamada de constelação Starlink.  

Constelação Starlink

Os novos satélites se juntaram a outros 180 tornando-se a maior constelação existente na órbita terrestre. Eles fazem parte do plano da SpaceX de conectar o mundo todo pela rede Starlink. A expectativa de Elon Musk, CEO e fundador da empresa, é fornecer cobertura de internet ao mundo todo. Segundo informações, seriam necessários 400 satélites para alcançar uma cobertura mínima e 800 para disponibilizar uma cobertura moderada.

(Fonte: Elon Musk/Twitter)

Com o último feito, a SpaceX está no meio do caminho para fornecer internet numa cobertura mínima. Os primeiros países a receber a conexão seriam o Estados Unidos e o Canadá.

Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.