NASA pede a Trump orçamento milionário para jato supersônico

NASA pede a Trump orçamento milionário para jato supersônico

Último Vídeo

Em 2021, a NASA poderá contar com cerca de 819 milhões de dólares por meio de um pedido de orçamento para o então presidente Donald Trump. Em 2020, a verba foi um pouco menor: foram liberados 783 milhões de dólares.

Um dos principais projetos em execução por essa agência do governo é o jato supersônico X-59 QueSST, uma aeronave que promete produzir menos ruídos durante o voo, evitando assim os famosos "estampidos" sentidos pelas pessoas e até mesmo o dano a patrimônios, como janelas.

De acordo com o chefe da NASA, Jim Bridenstine: "Na aeronáutica, o orçamento apoiará todas as nossas pesquisas sobre o uso comercial de aeronaves supersônicas, aviões elétricos e o desenvolvimento de um sistema aéreo não tripulado que tornará os pequenos drones mais seguros e eficientes no século XXI".

Resultado de imagem para X-59 QueSST
O avião supersônico X-59 QueSST é um dos principais projetos da NASA para os próximos anos (Wikipédia/Divulgação)

Conheça mais sobre o X-59 da NASA

Com a previsão de já realizar os primeiros voos em 2022, o novo avião supersônico da NASA já está na fase de montagem final. Por ter um design mais esguio, diferente dos aviões convencionais, é esperado que ele produza menos incômodo nos ouvidos das pessoas ao passar por locais com movimentação (o chamado sonic boom).

Ele está sendo projetado na fábrica Lockheed Martin Aeronautics Company na cidade de Palmdale, Califórnia. A empresa está bastante confiante com relação ao andamento do projeto, e espera já realizar testes práticos com a aeronave antes da data prevista.

"A primeira data de compromisso de voo da NASA para testes externos é no início de 2022, que inclui reservas de horários, mas estamos estipulando o nosso próprio prazo para 2021"

Resultado de imagem para X-59 QueSST
Especificações sobre o X-59 QueSST (Wikimedia/Divulgação)
Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.