Quase 3 mil infectados: Brasil um mês após 1° caso de Coronavírus

Quase 3 mil infectados: Brasil um mês após 1° caso de Coronavírus

Último Vídeo

No dia 26 de fevereiro, o Ministério da Saúde confirmou o primeiro caso de covid-19 do país, registrado na cidade de São Paulo. Desde então, o Brasil tem tomado medidas de segurança para controlar o número de transmissões. Um mês depois da primeira confirmação, 2.915 pessoas já foram infectadas e 77 morreram — configurando uma taxa de mortalidade de 2,6%. 

Como já sabemos, o primeiro foco da doença surgiu em Wuhan, na China. Já em 31 de dezembro, o país notificou a OMS sobre o Coronavírus. Cerca de 20 dias depois, o governo isolou a cidade de Wuhan. Na sequência, 40 milhões de cidadãos chineses entraram em quarentena. 

Registros entre 22/01 e 25/03Registros entre 22/01 e 25/03

No dia 30 de janeiro, com as fronteiras do país fechadas. Nesse período, a China divulgou que havia registrado 9802 casos confirmados e uma taxa de mortalidade de 2,2%, contabilizando 213 mortes. 

A Coreia do Sul, por sua vez, registrou o primeiro caso de COVID-19 no dia 20 de janeiro. Entre esta confirmação e o dia 2 de fevereiro, o governo implementou diversas medidas de segurança, como isolar pessoas que viessem de Wuhan, fazer testes em massa, incentivar o home office e adiar o início do ano letivo. Um mês após o primeiro caso confirmado, a Coreia do Sul contabilizava 104 contaminações e apenas uma morte.

Nos Estados Unidos, a primeira contaminação foi registrada em 22 de janeiro. Assim que o resultado saiu, o governo decidiu isolar repatriados de Wuhan e tripulantes de um cruzeiro vindo do Japão. Um mês depois, os Estados Unidos contavam com apenas 15 casos confirmados e nenhuma morte.

Registros entre 22/01 e 25/03Registros entre 22/01 e 25/03

A Itália foi o país que mais demorou para registrar seu primeiro caso de COVID-19, divulgando a confirmação apenas no dia 31 de janeiro — dia em que, inclusive, todos os voos com origem ou destino à China foram suspensos. O epicentro da doença no país aconteceu na região de Lombardia que, após 20 dias e a primeira morte registrada, recebeu toque de recolher — medida que afetou 50 mil pessoas. Um mês após o primeiro caso, a Itália possuía 1694 contaminações e 29 mortes. 

Esses números demonstram que o Brasil perde apenas para a China no número de casos confirmados durante o primeiro mês de contágio. No entanto, vale destacar que esses dados não refletem o cenário nacional com total precisão, visto que não são todos os contaminados que devem ou podem fazer os testes necessários.

Quase 3 mil infectados: Brasil um mês após 1° caso de Coronavírus via TecMundo

Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.