Nossos ancestrais se alimentavam de cobras e lagartos, diz estudo

Nossos ancestrais se alimentavam de cobras e lagartos, diz estudo

Último Vídeo

Hoje, muita gente é vegana, ou seja, não consome nada de origem animal, inclusive carne. No entanto, outras pessoas consomem proteína animal e geralmente comem estas opções: gado, frango, porco, alguns peixes e outras aves. Isso é aqui, no Brasil, afinal sabemos que em outros países a alimentação pode ser bem diferente. De qualquer forma, uma dieta baseada inteiramente em cobras e lagartos parece um pouco indigesta, não? 

Porém, trabalhos arqueológicos recentes descobriram que nossos ancestrais provavelmente se alimentavam bastante desses animais. Os pesquisadores encontraram restos de mais de 3 mil animais em uma escavação realizada no Oriente Médio, o que corresponde a um terço dos ossos encontrados ali. Nessa região, mais especificamente na área que hoje forma o Estado de Israel, entre 11 e 15 mil anos atrás, viveu uma cultura denominada "natufiana". 

Essa espécie de lagarto sem pernas provavelmente fazia parte da dieta (Fonte: Wikimedia Commons)Essa espécie de lagarto sem pernas provavelmente fazia parte da dieta natufiana. (Fonte: Wikimedia Commons)

Contudo, como saber se os ossos pararam ali pelo fato de humanos comerem animais e não de bichos morrerem naturalmente? Ou por virarem comida para outros seres vivos? Os arqueólogos pensaram nisso, claro. 

Em primeiro lugar, eles sabem que ossos perto do lugar onde as tribos viviam provavelmente querem dizer que elas se alimentavam desses animais, na maioria dos casos. Além disso, eles analisaram os danos nos ossos para entender se eles combinavam mais com as mordidas de outros animais ou de humanos. 

As marcas indicaram a segunda opção e mostraram que nossos ancestrais natufianos provavelmente comiam diversos tipos de cobras e lagartos. Ainda bem que agora temos um cardápio mais variado, não?

Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.