Fóssil indica que ancestrais de dinossauros eram pequenos

Fóssil indica que ancestrais de dinossauros eram pequenos

Último Vídeo

Segundo um novo estudo publicado na revista Proceedings of the National Academy of Sciences (PNAS), ancestrais de dinossauros e pterossauros podem ter sido animais de pequeno porte, de aproximadamente 10 centímetros de altura. Especificamente, o trabalho traz evidências de um evento evolucionário de miniaturização das espécies do grupo Ornithodira, embora hoje sejam conhecidos como criaturas gigantes.

A constatação foi resultado do artigo A tiny ornithodiran archosaur from the Triassic of Madagascar and the role of miniaturization in dinosaur and pterosaur ancestry, de Christian Kammerer, Sterling Nesbitt, Lovasoa Ranivoharimanana e André Wyss.

Arte conceitual do pequeno ancestral, feita pelo ilustrador Alex BoersmaArte conceitual do pequeno ancestral feita pelo ilustrador Alex Boersma.

Nele, os especialistas analisaram um fóssil de Madagascar, que habitava a Terra há cerca de 237 milhões de anos, descoberto em 1998 por uma equipe de paleontólogos do Museu Americano de História Natural de Nova York.

O estudo chama a espécie de Kongonaphon kely e indica que ela se alimentava de insetos, algo observado no desgaste de seus dentes. Devido a esse comportamento, também recebeu o apelido de “pequeno matador de insetos”.

Essa dieta associada ao seu tamanho também teria contribuído para a sobrevivência do grupo Ornithodira. Já a penugem sobre a pele do pequeno ancestral, teria-se originado da regulação da temperatura corporal em alinhamento com as condições climáticas da época.

Estudo aborda a evolução dos pterossaurosEstudo aborda a evolução dos pterossauros.

“Os répteis da era Mesozoica são conhecidos por seu tamanho notável: os dinossauros incluem os maiores animais terrestres conhecidos e seus parentes, os pterossauros, incluem as maiores criaturas que já voaram. A espécie originária do [período geológico] Triássico fornece informações sobre a evolução inicial desses grupos”, disse Kammerer.

“Embora os dinossauros e o gigantismo sejam praticamente sinônimos, uma análise da evolução do tamanho do corpo em dinossauros e outros do grupo, no contexto desse táxon e formas relacionadas, demonstra que os membros mais antigos podem ter sido menores do que se pensava anteriormente”, completou o especialista.

Fóssil indica que ancestrais de dinossauros eram pequenos via TecMundo

Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.