4 descobertas intrigantes no fundo das águas

4 descobertas intrigantes no fundo das águas

Último Vídeo

É impressionante a quantidade de coisas que podem ser encontradas abaixo da superfície calma de um lago ou da agitação dos oceanos. Na maioria das vezes é lixo, mas as águas também podem guardar itens misteriosos.

Confira algumas das descobertas mais inusitadas feitas em águas profundas que o Bored Panda reuniu:

1. Os 200 esqueletos humanos

Fonte: Wikimedia Commons
Fonte: Wikimedia Commons

Se encontrar um esqueleto é susto o suficiente, imagine encontrar 200. Em 1942, um guarda florestal britânico encontrou esses restos mortais em um lago no alto das montanhas do Himalaia, perto de Rookpund, na Índia. 

A princípio, acreditou-se que se tratavam de soldados japoneses da Segunda Guerra Mundial. No entanto, em 2004, cientistas descobriram que os esqueletos eram membros de uma tribo indígena, mortos em um tempestade de granizo, por volta de 850 d.C.

2. Uma cidade submersa

Fonte: Eric Gay / Houston Chronicle
Fonte: Eric Gay / Houston Chronicle

Quando as águas do Lago Buchanan, no Texas, desapareceram após um período de seca, veio à tona um item inesperado: a pequena cidade de Bluffton.

 A cidadezinha foi construída no século XIX, mas quando o Lago Buchanan foi preenchido em 1936, o lugar ficou submerso. Com a seca, algumas lápides e fundações de vários estabelecimentos de Bluffton reapareceram. 

3. A anomalia do Mar Báltico

Fonte: Ocean X Team / Reprodução
Fonte: Ocean X Team / Reprodução

Não podia faltar uma teoria da conspiração em torno de um objeto misterioso, não é? Encontrado por um sonar abaixo das ondas do Mar Báltico, este objeto circular tem 70 metros de comprimento e possui estruturas semelhantes com rampas e escadas.  

Algumas especulações considera a ideia de um OVNI, enquanto outras acham que pode ter sido um depósito glacial da Era do Gelo. Uma coisa é certa: a equipe que descobriu o objeto acredita que ele não é uma estrutura da natureza. 

4. O Stonehenge submerso

Fonte: Earth Chronicles
Fonte: Dark5 / Reprodução 

Em 2007, o professor de arqueologia subaquática Mark Holley, da Universidade de Michigan, descobriu uma círculo de 12 pedras alinhadas no fundo do Lago Michigan. 

Uma curiosidade é que todas as pedras medem a mesma distância. Para reforçar a hipótese da antiguidade do monumento, uma das pedras parece ter sido esculpida na forma de um mastodonte, extinto há mais de 10.000 anos. 

Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.