O que aconteceria se todos os seres humanos tivessem albinismo?

O que aconteceria se todos os seres humanos tivessem albinismo?

Último Vídeo

A série de ficção Imaginary Earths traz alguns cenários fantásticos criados pelo ilustrador Ron Miller, nos quais nosso planeta possui anéis como Saturno, e as pessoas respiram por fotossíntese como as plantas. Entre os aspectos vitais que poderiam ser mudados, um diz respeito à cor da pele: e se, desde o início dos tempos, os seres humanos fossem todos albinos?

A pele branca característica do albinismo é o sintoma de uma doença hereditária com resultados físicos surpreendentes: as pessoas com essa condição têm uma escassez e, muitas vezes, uma total ausência de pigmentos nos olhos, pele e cabelo.

De acordo com a Organização Nacional para o Albinismo e Hipopigmentação dos Estados Unidos (NOAH na sigla em inglês), uma em cada 18 mil a 20 mil pessoas, tem albinismo.

Vários tipos de albinismo

Fonte: Drazen_/Getty Images/Reprodução
Fonte: Drazen_/Getty Images/Reprodução

Segundo a NOAH, o tipo mais comum de albinismo nos Estados Unidos é o chamado oculocutâneo, que interfere na produção do pigmento escuro, a melanina, nos olhos e na pele. Para a organização, existem sete subtipos dessa forma de albinismo, classificados de OCA1 até OCA7, que determinam, por exemplo, a cor dos cabelos (brancos, louros ou castanhos).

Algumas pessoas acreditam que os albinos têm olhos vermelhos, mas isso é apenas uma crença baseada no fato de que as condições de iluminação às vezes tornam visíveis os vasos sanguíneos na parte posterior do olho, dando uma impressão de olhos vermelhos ou violetas. Na verdade, os albinos têm olhos azuis ou castanhos.

Pele clara

Uma característica preocupante das pessoas albinas é a fragilidade da pele clara, que não recebe a proteção da perigosa radiação ultravioleta, proporcionada pela melanina, pigmento escuro encontrado também nos cabelos. Entre os albinos, são comuns os casos de queimaduras de sol e câncer de pele.

No entanto, se todos os habitantes da Terra tivessem albinismo, é possível que adotassem roupas longas para proteger a pele, como os povos do Saara, além da utilização maciça de acessórios como chapéus, lenços e véus. Logicamente os protetores solares seriam produtos de primeira necessidade.

Fonte: Pixabay
Fonte: Pixabay

Impacto social

No dia 13 de junho, o mundo comemora o Dia Internacional de Conscientização do Albinismo. O objetivo da data é chamar a atenção para que sejam eliminadas todas as formas de violência e preconceito que as pessoas com albinismo sofrem ao redor do mundo.

Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.