Seja o primeiro a compartilhar

A temperatura do corpo humano pode ficar abaixo dos 35 °C?

Em condições normais, o organismo dos seres humanos permanece com temperatura estável entre 36 °C e 37 °C. Porém, é curioso notar que os termômetros caseiros, ou de mercúrio, chegam a ter a marca de até 34 °C, algo que seria considerado extremamente extraordinário e, em termos médicos, muito perigoso.

Na medicina, a temperatura baixa do corpo é chamada de hipotermia, um estado onde nosso organismo fica abaixo dos 35 °C. O intervalo entre 35 °C e 36 °C é um que consideramos mostrar um sintoma para uma patologia, apesar de ser possível em alguns indivíduos sem que nada lhes aconteça. Mas o que seria de nós se nosso corpo ficasse abaixo dos 35 °C? Entenda nos próximos parágrafos!

Causas da queda de temperatura

(Fonte: Shutterstock)(Fonte: Shutterstock)

A hipotermia é um problema de saúde que afeta os seres humanos há séculos, principalmente por ser algo acidental e recorrentemente relacionado a fatores naturais. Por exemplo, um indivíduo com essa condição pode ter ficado exposto ao frio ambiental por tempo prolongado, como escaladores que se perdem em montanhas no inverno ou alguém que caiu em águas muito gélidas.

Além disso, a hipoglicemia, que é caracterizada pelos níveis baixos de glicose no sangue — algo que chamamos de "falta de açúcar" — é uma complicação da hipotermia. Esse também é outro problema que faz a temperatura descer, visto que a queda de glicose no sangue ocorre ao mesmo tempo no cérebro e altera o termostato do nosso corpo.

Alguns casos de hipotermia podem ser gerados pelo consumo de álcool, uma vez que essa substância afeta o sistema nervoso central e faz com que o cérebro não perceba que está com frio. Muitas pessoas, erroneamente, acreditam que as bebidas alcoólicas ajudam a combater o frio, mas na verdade fazem exatamente o oposto. 

Por fim, o mau funcionamento da glândula tireoide é outro fato que desperta a baixa nas temperaturas do corpo. Quando a tireoide funciona menos do que o necessário para o nosso organismo, chamado de hipotireoidismo, isso causa uma diminuição na resposta termorreguladora e no metabolismo basal.

Primeiros sinais de hipotermia

(Fonte: Shutterstock)(Fonte: Shutterstock)

Pessoas que estão passando por um caso de hipotermia poderão sentir os primeiros sintomas rapidamente. Essa doença causa diversos tremores — diferente dos da febre —, suspensão na fala, frio nas mãos e nos pés, respiração lenta, pulso franco, sonolência, confusão mental, perda na consciência e vermelhidão na pele.

Com isso, é importante procurar auxílio médico o mais rápido possível para evitar complicações posteriores ou até morte súbita. A melhor forma de se prevenir da hipotermia é usar cobertores de proteção para conservar calor, especialmente na região da cabeça.

Também vale ressaltar que as pessoas precisam conhecer seus limites ao fazerem exercício no frio. Em ambientes extremamente gelados, é melhor tentar evitar qualquer tipo de atividade que o faça suar muito. 

Primeiros socorros

(Fonte: Shutterstock)(Fonte: Shutterstock)

Caso você se depare com alguém sofrendo de hipotermia, existem algumas dicas que podem ser cruciais para os primeiros socorros até que a ajuda médica chegue. Ao contrário do que se imagina, uma das recomendações é não massagear ou esfregar o corpo da pessoa — algo que muitos pensam ajudar para aquecer.

É importante mudar a pessoa do frio para um ambiente quente e remover qualquer roupa molhada, cobrindo a pessoa com cobertores. Líquidos quentes, exceto café e álcool, são excelentes formas de reanimação nos primeiros instantes. Além disso, compressas mornas e secas podem ser usadas no pescoço e no peito para ajudar no aquecimento corporal.

Em último dos casos, talvez seja preciso que a pessoa forneça as técnicas de ressuscitação cardiopulmonar para manter o coração do enfermo operando.

Você sabia que o Mega Curioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.