7 atitudes que podem fazer com que as pessoas se afastem de você
46
Compartilhamentos

7 atitudes que podem fazer com que as pessoas se afastem de você

Último Vídeo

Você já se perguntou o que as pessoas pensam sobre você? Será que suas relações interpessoais estão boas? O About.com listou alguns fatores que podem explicar por que uma pessoa é deixada de lado, para de receber convites para sair com os amigos ou simplesmente é ignorada pelos colegas de trabalho. Será que isso não está acontecendo com você? Confira a seguir quais comportamentos devem ser evitados para quem quer ter amigos sempre por perto:

1 – Pare de falar mal de todo mundo

Sabe aquela pessoa que vive apontando os defeitos alheios? Pois é. A verdade é que ninguém gosta de ficar ao lado dela por muito tempo – até mesmo porque o ouvinte fica sempre com aquela dúvida: “Será que fulano fala mal de mim também?”. Não há como negar: as pessoas acabam se afastando desses fofoqueiros natos. Se você é assim, que tal maneirar nos comentários?

2 – Aprenda a se comportar melhor

Por mais questionáveis que sejam algumas normas de etiqueta, vale lembrar que ter bons modos não mata ninguém. Você pode ser uma pessoa mais livre quando estiver com os seus amigos, claro, mas quando estamos falando do convívio com colegas de trabalho, não custa nada, por exemplo, comer de boca fechada.

3 – Não seja o piadista inconveniente

Lógico que rir é ótimo, e todo mundo adora uma piada vez ou outra. A questão é que algumas pessoas parecem não ter noção do limite. Se você não sabe distinguir piadas boas de grosserias, apenas evite comentários que pareçam engraçados, mas que no fundo não passam de preconceitos, machismos, sexismos, racismos e afins. Na dúvida, pense se aquilo que você quer falar realmente é engraçado ou se é só mais um senso comum chato e tosco.

4 – Aprenda a trabalhar em equipe

Essa é bem lógica: você gostaria de estar perto de uma pessoa que valoriza as outras pessoas ou que se fecha em uma bolha? A verdade é que você precisa trabalhar bem em equipe, ser comunicativo, reconhecer o trabalho alheio, aprender a elogiar e a fazer críticas construtivas.

5 – Comece a dividir a conta

Não é porque seu amigo se ofereceu para pagar a conta uma vez que você nunca mais vai dividir as despesas. Pessoas “folgadas”, que dizem o famoso “paga para mim que depois eu devolvo o dinheiro”, deixam, obviamente, de ser convidadas para algumas ocasiões. Se a grana está curta, simplesmente não saia ou escolha uma opção mais barata.

6 – Pare de bater boca

Se por acaso você é uma dessas pessoas que adora uma boa briga só pelo prazer de mostrar que está certo e se quando você sabe que não está certo continua argumentando como se estivesse, só para não perder a discussão, a má notícia é: você está na categoria das pessoas mais chatas do mundo e é óbvio que seus amigos deixarão de fazer convites.

Se uma pessoa quer ouvir a outra falar sem parar por horas, ela vai a uma palestra. Mesa de bar não é o melhor lugar para discursar sobre suas convicções – até mesmo porque por mais genial que você se julgue, algumas pessoas simplesmente não dão a mínima para o que você pensa a respeito de determinados assuntos. Então, não insista em ser chato, pelo seu próprio bem.

7 – Comece a ouvir

Esse tópico tem muita relação com o anterior, pois quem fala pelos cotovelos não é um bom ouvinte – repare. O problema de pessoas que falam demais é que elas atravessam a fala do pobre coitado que resolve interromper o monólogo.

Ninguém gosta de ser cortado pela pessoa verborrágica e egocêntrica da mesa. Se você fala sem parar, já é chato; agora, se fala sem parar e não deixa mais ninguém falar, você é praticamente insuportável.

Se não há um psicólogo à sua frente, que está ali só para ouvir as suas falas mesmo, por favor, entenda que equilibrar diálogos é fundamental – e relativamente simples: conversas são feitas de falas e silêncios. Se nenhum dos dois está prevalecendo sobre o outro, está tudo bem.

***

E aí, o que você achou dessas dicas? Você já deixou de falar com uma pessoa por causa de algum dos motivos acima? Conte para a gente nos comentários!

*Publicado em 25/10/2014

Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.