6 fatos embaraçosos pelos quais todos nós estamos propensos a passar
137
Compartilhamentos

6 fatos embaraçosos pelos quais todos nós estamos propensos a passar

Último Vídeo

Admita: você também já fez uma coisa embaraçosa que te fez ter vontade de enfiar a cabeça em um buraco e se esquecer completamente do fato, certo? Pode parecer loucura, mas isso é comum, e, em alguns casos, a ciência pode provar todos os motivos que nos levam a cometer essas maluquices. Acredite: você não está sozinho no mundo.

Você sabia que existe uma justificativa para você ter deixado o celular cair na privada? Ou que está cientificamente comprovada a razão pela qual muitas pessoas cantam as músicas de forma errada? A gente mostra para você seis coisas embaraçosas que podem acontecer com qualquer um e explicamos o motivo pelo qual elas ocorrem. Confira.

01 — Falar sozinho

Todo mundo já fez — ou faz — isso. Você acha que não? Pois tente se lembrar daquele dia em que você fez algo estúpido e repreendeu a si mesmo em voz alta, ou então daquela pergunta complicada da tarefa escolar de que você ficou tentando recordar a resposta correta em alto e bom som. Deu para refrescar a memória?

Quem vê a cena acha que a pessoa que está falando sozinha é louca. Porém, falar para si mesmo não é apenas incrivelmente comum, mas também um sinal de coisas boas. Como assim? Foi confirmado que os alunos que falam sozinhos tendem a se sair melhor na escola. Eles se mantêm mais focados e sempre alertas.

Apesar disso, somos ensinados a pensar que isso não é normal. Enquanto as crianças falam sozinhas constantemente, isso acaba quando elas começam a frequentar a escola, porque os adultos dizem para que elas parem. Se ficassem sabendo dessa pesquisa, com certeza incentivariam os pequenos a pensarem para si mesmos.

02 — Repetir histórias

As pessoas tendem a ficar ofendidas quando você começa a contar a mesma história pela segunda vez. Não importa há quanto tempo já se passou. Se você repetir o fato, significa que você é chato ou que você está julgando que as pessoas não são capazes de prestar atenção no que você já contou antes. Complicado, não é?

No entanto, alguns estudos comprovam que, quando você recorda uma história, é incrivelmente difícil lembrar para quem você já a contou antes. Então, se a passagem é realmente importante, marcante ou divertida, você vai falar novamente, não importa para quem seja. Então, não julgue seu amigo se ele voltar a dizer que ele foi em algum show e blábláblá!

03 — Deixar cair o celular na privada

Ok, vamos falar a verdade: deixar escorregar o aparelho das suas próprias mãos já é embaraçoso, dá a impressão de lerdeza ou algo assim. Agora, deixar cair mais especificamente dentro da privada pode ser ainda pior, mas acredite: uma em cada cinco pessoas já deixou o seu celular se afogar no banheiro. E sabe por quê?

A pesquisa foi feita nos Estados Unidos e constatou que 75% dos norte-americanos não se desgrudam dos seus aparelhos e admitem que utilizam seus telefones para tudo enquanto usam o banheiro, desde jogar e navegar na internet até fazer e receber chamadas telefônicas, mensagens de texto, entre outras coisas. Aí não tem jeito!

04 — Mentir sobre ver um filme

Ou ler um livro. Todos nós temos aqueles amigos que estão sempre dizendo que vão ao cinema sempre que podem, veem filmes no conforto de suas casas ou leem livros importantes constantemente, mesmo que evidentemente isso não seja verdade. Por que eles fazem isso? Simples.

Acontece que estamos sempre desesperados para sermos vistos como alguém inteligente, culto. Ninguém sai por aí inventando que viu um filme bobo recente, mas um número surpreendente de pessoas mentiu sobre ter visto "O Poderoso Chefão", de acordo com uma pesquisa realizada em 2011. Queria ver essas pessoas serem pegas na mentira!

05 — Empurrar uma porta na qual se lê "Puxe"

Possivelmente, nada nesta lista é tão embaraçoso como caminhar até a porta e não ser capaz de abri-la na primeira tentativa. Acontece que nós ainda não estamos preparados para estarmos certos o tempo todo. Também, arquitetos e designers não se preocupam com as pessoas, eles querem apenas que seus edifícios fiquem bonitos.

Além disso, as palavras puxar ("pull") e empurrar ("push") são bem parecidas na língua inglesa, e normalmente as plaquinhas estão nesse idioma. E se isso é complicado para quem fala essa língua desde sempre, imagine que, para muitos brasileiros, é extremamente difícil assimilar essas duas palavras perfeitamente.

O problema é tão grande que, em 2011, aconteceu um concurso para definir um sinal visual indicando se devemos puxar ou empurrar a porta. Esse símbolo se tornaria universal e portas do mundo todo teriam o mesmo padrão. Bom, não é preciso dizer que isso não pegou, e as informações "push" e "pull" ainda estão espalhadas por aí.

06 — Cantar errado as letras das músicas

Você está no carro com os seus amigos e a música rola no rádio quando, de repente, você percebe que todo mundo está olhando para você e rindo simplesmente porque você acha que a pessoa da música está trocando de biquíni sem parar. Quem nunca passou por algo do tipo? Todos nós já fizemos isso em algum momento da vida.

A explicação é que, quando falamos com uma pessoa, entendemos muito do que ela diz simplesmente por observar seus lábios se movendo. Se temos o mesmo sotaque ou ela fala alto, fica ainda mais fácil a compreensão. Porém, quando ouvimos uma canção, nós não temos esse contato visual e acabamos misturando as coisas.

Uma vez que nós aprendemos a cantar erradamente a letra de determinada música, torna-se incrivelmente difícil esquecer e começar a cantar da maneira certa. É por isso que muitas pessoas não conseguem se corrigir, mesmo que tenham sido advertidas um milhão de vezes. Mais hora menos hora todo mundo pagará mico com relação a isso.

Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.