Não tá fácil no Tinder? Psicólogo ensina onde encontrar a pessoa certa
460
Compartilhamentos

Não tá fácil no Tinder? Psicólogo ensina onde encontrar a pessoa certa

Último Vídeo

Os tempos são modernos e está cada vez mais fácil encontrar a pessoa dos seus sonhos, a sua alma gêmea ou alguém para um encontro casual. Bem... Pelo menos em teoria. A verdade é que nem sempre o Tinder resolve, da mesma forma que as salas de bate-papo talvez não fossem tão eficazes quando a internet começou a se popularizar.

Além desses “cupidos tecnológicos” algumas pessoas encontram seus parceiros em bares, restaurantes, livrarias, pontos de ônibus, salas de aula e até em pleno ambiente de trabalho. O problema é que tem sempre alguém descontente com a tecnologia e com o destino, o que nos mostra que, no final das contas, um match na vida real não é assim tão simples.

O Psychology Today publicou alguns resultados de pesquisas bem interessantes, analisados pelo psicólogo Jeremy Nicholson, e que podem ser a esperança que você precisava ter para seguir em frente.

Números

Os heterossexuais, de acordo com uma pesquisa que entrevistou mais de 4 mil casais com idades entre 18 e 59 anos, se encontram da seguinte forma: um pouco menos do que 30% deles se conheceram por meio de amigos em comum; cerca de 20% acabou se encontrando em bares ou restaurantes; 20% encontraram seus amores com a ajuda da internet; os outros 30% se encontraram enquanto realizavam tarefas cotidianas (trabalho, igreja, reuniões de família, vizinhança, escola).

Agora com relação aos casais homossexuais, o processo de namoro começa geralmente pela internet, afinal 70% dos casais de mesmo sexo afirmaram que se conheceram através de algum site ou aplicativo. Do outro lado, 20% desses casais afirmam ter se conhecido em bares e restaurantes e 10% contaram com a ajuda de amigos e colegas de trabalho.

Tanto em relação a casais heterossexuais quanto homossexuais fica claro que a maioria tomou iniciativa na hora de se apresentar ao pretendente (43%), enquanto aqueles que foram apresentados por amigos marcam 31%. O restante contou com a ajuda da família, amigos de trabalho, colegas de classe e vizinhos.

Padrões

Nicholson fez outra análise interessante em cima da mesma pesquisa. Ao que tudo indica, casais que estão juntos há muito tempo são os que se conheceram em tarefas cotidianas, principalmente na escola ou na igreja. Em contrapartida, ainda que não seja uma grande novidade, casais que ficam juntos por pouco tempo ou que mantêm relacionamentos casuais geralmente se conhecem em bares e restaurantes.

Se a ideia é achar alguém para casar, Nicholson aconselha olhar para os lados quando estiver nos lugares comuns do seu dia-a-dia. Vale escola, igreja, ambiente de trabalho (desde que não quebre as regras da empresa, hein!) e por aí vai. Pelo visto, ter coisas em comum com alguém que você já conhece e que já faz parte da sua vida é uma forma de garantir uma relação feliz e longa.

Agora se a sua vontade é encontrar alguém para ter um relacionamento casual, o ideal é “pescar” candidatos em bares, baladas e em qualquer cenário de vida noturna de um modo geral. Esses ambientes também são ótimos para quem quer ser notado e colocar suas técnicas de sedução em prática. Diferente do que ocorre quando você está a fim de alguém que já conhece, na balada é muito mais fácil chegar em seu alvo.

Agora se a sua necessidade é mais específica, nada como o mundo virtual. Nele, você pode encontrar amigos, pessoas para encontros casuais e até mesmo alguém para um relacionamento sério, ainda que isso seja um pouco mais incomum – mas não é impossível.

Entre os fatores que garantem sucesso nas investidas online estão a proximidade geográfica, preferências sociais, econômicas, sexuais e de gênero. Deixando esses detalhes bem claros fica mais fácil encontrar alguém que combine com você. Esse recurso é especialmente bom para quem é mais tímido também.

Lembrando que, se a ideia é pedir para algum amigo ajudar, escolha aquele amigo com o qual você mais tem afinidades – possivelmente, ele tem outros amigos que se parecem com você também. Aí facilita tudo.

***

E aí, você está namorando ou à procura de alguém? Se já encontrou seu par perfeito, conte para a gente como vocês se conheceram!

Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.