Eles não são vilões: chocolate traz muitos benefícios para a sua saúde
492
Compartilhamentos

Eles não são vilões: chocolate traz muitos benefícios para a sua saúde

Último Vídeo

É... A Páscoa chegou e, nessa época, é impossível fugir do chocolate. Eles estão em todos os lugares, como pragas, e muitas pessoas evitam o seu consumo com medo dos malefícios que ele pode trazer, como aumento de peso, por exemplo. Mas uma pesquisa australiana pode trazer um alívio impressionante para os chocólatras.

De acordo com um estudo realizado pelo Roy Morgan Research, comer chocolate não vai fazer aumentar a sua massa corpórea. O seu IMC (Índice de Massa Corporal) nada tem a ver com o fato de você amar esse doce. É claro que o consumo excessivo realmente não é bom, mas que mal tem em consumi-lo vez ou outra?

Os dados da pesquisa

A pesquisa foi realizada com adultos acima de 18 anos e 65% (dois terços) deles admitem comer chocolate pelo menos uma vez ao mês. Porém, não pense que apenas os mais gordinhos é que consomem o doce nessa regularidade. Pessoas abaixo do peso, com o peso aceitável, com sobrepeso e obesos estão igualmente distribuídos.

Ninguém consegue fugir desse "vilão". Mesmo aquelas pessoas que disseram restringir o consumo de comidas gordurosas estão entre aquelas que admitem não resistir ao chocolate. Até mesmo os indivíduos que estão constantemente verificando o peso e os que preferem comidas saudáveis não fogem dessa regra.

Ou seja, aquelas pessoas que estão abaixo do peso têm a mesma probabilidade de comer chocolate regularmente do que aquelas com sobrepeso ou obesas. Isso quer dizer que o consumo desse doce dos deuses não está ligado ao fato de um indivíduo estar mais cheinho do que o outro. Então, coma com moderação!

Potencializando a perda de peso

E as grandes novidades não param por aí. Os alemães contribuíram com a nossa felicidade e descobriram que o consumo de uma quantia de chocolate por dia pode potencializar a perda de peso. É isso mesmo. Você pode consumi-lo e, mesmo assim, emagrecer mais do que aqueles que retiram esse produto da sua alimentação.

Os pesquisadores reuniram um grupo de homens e mulheres entre 19 e 67 anos de idade e os distribuíram em três grupos. O primeiro começou uma dieta de baixas calorias. O segundo seguiu a mesma regra, mas acrescentou 42 gramas de chocolate por dia. O terceiro não tinha restrição nenhuma com relação à alimentação.

Os resultados foram impressionantes. O segundo grupo desenvolveu um efeito turbinado na perda de peso. Eles ficaram bem-humorados por causa do consumo do chocolate e suportaram melhor a dieta e os exercícios físicos. Além disso, o doce proporciona energia e faz com que as pessoas se sintam muito melhores.

E ele também colabora com a sua saúde

E se você está aí morrendo de vontade de sair correndo para comer um pedacinho de chocolate, espera mais um pouquinho porque tem mais notícias boas. Alguns estudos médicos também relatam que a guloseima não é perigosa para a sua saúde, como muitas pessoas pensam. Se consumido moderadamente, ele é muito benéfico.

Ele ajuda a aumentar a energia e a vitalidade do seu cérebro, melhorando a memória, o fluxo sanguíneo e evitando esquecimentos. O chocolate também colabora para que você não tenha problemas cardíacos, pois reduz o risco de endurecimento das veias e artérias. E, para completar, atua corrigindo os desequilíbrios causados pelo stress diário.

Só lembrando que não estamos falando do chocolate branco ou ao leite, e sim daqueles amargos, com alto teor de cacau (pelo menos 81%). De qualquer forma, para os chocólatras, chocolate é chocolate e qualquer um é muito bem recebido. Então, que a Páscoa seja bem-vinda e os ovinhos também!

Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.