Japan Fashion Week apresenta versões futuristas do quimono
Seja o primeiro a compartilhar

Japan Fashion Week apresenta versões futuristas do quimono

Equipe MegaCurioso

Coleção de Jotaro Saito.
Fonte: tokyo-mbfashionweek.com

(Reuters) Das roupas verdes criadas pelo estilista que já vestiu Lady Gaga a uma versão futurista do tradicional quimono num desfile que atraiu mais de 10 mil pessoas, a Fashion Week do Japão colocou em evidência as inovações de vanguarda e a variedade pelas quais Tóquio é conhecida há muito tempo.

O evento de primavera do ano passado foi cancelado depois do terremoto seguido de tsunami que deflagrou uma crise nuclear responsável por cortes de energia, mas o evento de outubro aconteceu como previsto, abrindo caminho para o atual espetáculo de outono/inverno.

O Runway Show de Tóquio colocou em evidência os estilos das ruas, em um esforço para salientar as marcas prontas para usar do Japão, enquanto elas tentam chegar à cena internacional, em uma produção de cinco horas voltada aos jovens antenados do país.

"Acredito que, com este desfile, o Japão, que é um líder da moda, tem o potencial de expandir internacionalmente", disse a modelo e atriz Natsuki Kato, que desfilou no evento.

Looks de Jenny Fax.
Fonte: tokyo-mbfashionweek.comCerca de 15 mil pessoas compareceram ao desfile de Tóquio, que caiu em um feriado nacional, bem no meio da Mercedes Benz Fashion Week, que segue até 24 de março e apresentou criações para "consumidores de roupas reais".

Um dos destaques foi a aparição da modelo e cantora japonesa Kyary Pamyu Pamyu, que representou o estilo "Harajuku", que vai do gótico aos modelos que parecem saídos diretamente de um cartum e tem esse nome por causa de uma popular área de Tóquio frequentada por jovens.

"O que torna a moda Harajuku singular é a forma como as garotas se representam com confiança de uma forma agradável - não apenas de um modo 'engraçadinho', mas com algum vanguardismo também", disse Kyary Pamyu Pamyu à Reuters.

"Por exemplo, eu tenho globos oculares e ossos na minha roupa. Não é só fofinho, mas um pouco dark também."

Em um aceno à tradição, o designer de quimonos Jotaro Saito, da terceira geração de estilistas da família, apresentou a coleção "Futurismo", com a qual espera dar um toque moderno ao tradicional vestuário japonês.

Reportagem por Mariko Katsumura

Você sabia que o Mega Curioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.