Mais 15 imagens históricas que foram colorizadas digitalmente
169
Compartilhamentos

Mais 15 imagens históricas que foram colorizadas digitalmente

Último Vídeo

Nós já te mostramos aqui como a colorização de imagens em preto e branco pode nos ajudar a ter uma percepção mais aguçada sobre a História recente. Dessa vez, vamos apresentar o trabalho incrível de um fotógrafo e artista digital chamado Mario Unger — um aficionado por restaurar e colorir digitalmente fotografias antigas.

O austríaco levou aproximadamente 4 meses para adicionar cores a uma série de imagens históricas, que incluem registros de personalidades da primeira metade do século 20 e de grandes cidades daquela época. A seguir, você confere uma seleção com os registros prediletos do fotógrafo e, de quebra, aprimora o seu conhecimento sobre o passado:

1. Maud Stevens Wagner — artista circense e primeira tatuadora conhecida nos Estados Unidos

2. Albert Einstein, físico e formulador da Teoria da Relatividade

3. Grace Kelly, premiada atriz norte-americana e princesa de Mônaco

4. Cena do filme "Casablanca", de 1942

5. Registro de 1900 da Mulberry Street, em Nova York, nos Estados Unidos

6. Pablo Picasso, renomado pintor espanhol

7. Artesão de marionetes registrado em 1936

8. Greta Barbo, atriz sueca que virou a queridinha de Hollywood

9. Edmund Hillary, neozelandês considerado o primeiro alpinista a chegar, em 1953, ao cume do Everest

10. Pjotr Iljitsch Tschaikowski, compositor russo

11. Walt Disney, seu gato de estimação e a sua mais famosa criação, Mickey Mouse

12. Oscar Wilde, dramaturgo britânico

13. A atriz Marilyn Monroe em registro de 1951

14. Henry Ford, fundador da Ford Motor Company

15. O instrumentista Louis Armstrong e a atriz Grace Kelly

***

Você conhece a newsletter do Mega Curioso? Semanalmente, produzimos um conteúdo exclusivo para os amantes das maiores curiosidades e bizarrices deste mundão afora! Cadastre seu email e não perca mais essa forma de mantermos contato!

Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.