Você já pode se graduar em eSports em universidade dos Estados Unidos
26
Compartilhamentos

Você já pode se graduar em eSports em universidade dos Estados Unidos

Último Vídeo

Já imaginou cursar uma faculdade onde o seu bom desempenho depende de quão bem você joga video game? Pois isso já existe nos Estados Unidos, onde a Universidade de Ohio estreou um novo curso pensando em jogadores de eSports. A prática tem aumentado vertiginosamente no mundo todo e agora já existe a possibilidade de você ter uma partida de Fortnite como lição de casa na faculdade.

O curso, como a maioria dos programas universitários, é bem interdisciplinar e não ensina apenas como jogar bem. Matriculado no curso, você vai aprender também sobre gerenciamento de negócios, marketing, como ser um bom técnico e um pouco de desenvolvimento de games para conhecer a fundo o assunto.

Infraestrutura moderna

O curso vem para atender um mercado que cresceu muito nos últimos cinco anos, mais ainda no mundo todo do que apenas nos Estados Unidos, com destaque especial para a Ásia

Para fornecer a melhor educação possível na área, a Universidade de Ohio está construindo uma arena de última geração para eSports com mais de 80 posições para jogadores incluindo computadores poderosos, consoles dos mais avançados e até sistemas de realidade virtual, categoria que vem crescendo nessa área.

O curso vem para atender um mercado que cresceu muito nos últimos cinco anos, mais ainda no mundo todo do que apenas nos Estados Unidos, com destaque especial para a Ásia, onde as disputas de eSports se equiparam a grandes eventos esportivos “comuns” no mundo todo.

Espera-se que o mercado de eSports gere mais de US$ 1 bilhão em receitas internacionalmente em 2018 e as previsões futuras são cada vez mais otimistas. Assim, já é bom pensar na faculdade do futuro, um curso de competições de video game que certamente poderá trazer muito dinheiro para quem seguir a carreira.

Você já pode se graduar em eSports em universidade dos Estados Unidos via TecMundo

Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.