Energia elétrica: você sabe quanto gasta com cada aparelho?
11
Compartilhamentos

Energia elétrica: você sabe quanto gasta com cada aparelho?

Equipe MegaCurioso
Último Vídeo

Muito se fala sobre a economia de energia e o quanto ela é importante — tanto para o bolso como para os recursos hídricos do país. Porém, você sabe como calcular o consumo de cada aparelho e checar o quanto ele representa na conta?

Conta de luz(Exame/Marcos Santos/Agência USP)

Mesmo que a energia elétrica seja fundamental para o nosso dia a dia, nem todo mundo sabe o quanto gasta com cada aparelho e dispositivo que tem em casa — o que é normal, já que as estimativas envolvem um lado mais técnico e que demandam alguns cálculos. Felizmente, eles são bem simples e podem ser feitos em segundos.

A seguir, aprenda como calcular o consumo de cada aparelho ligado à energia elétrica, bem como a média gasta pelos equipamentos mais comuns utilizados em casa e o valor que isso pode representar na fatura.

Como calcular o consumo de energia elétrica de qualquer aparelho?

Todos os equipamentos elétricos, eletrônicos e eletroeletrônicos contam com uma potência — que é expressa em Watts (W). Essa é a medida de potência adotada pelo Sistema Internacional de Unidades (SI).

Para se chegar à potência de um aparelho, é necessário fazer uma fórmula bem simples: tensão (V) x corrente (A). Por exemplo, se um chuveiro funciona na tensão de 220V e sua corrente é de 35 A, então sua potência será de 7.700 W.

Consumo de energia(CUBI Energia)

Embora os equipamentos costumem vir com essa informação descrita em suas especificações técnicas, é importante conhecer essa fórmula para casos de necessidade. Porém, para saber qual é o consumo e descobrir quanto cada um dos equipamentos elétricos da sua casa representa na conta de energia elétrica, desde uma lâmpada até uma máquina de lavar, é preciso fazer uma continha diferente.

Na fórmula do consumo em kWh, deve-se multiplicar a potência (W) pelo tempo de uso (h) e pela quantidade de dias em que o aparelho foi utilizado por mês. Então, o resultado da multiplicação deve ser dividido por 1.000, para que esteja na unidade kWh (kilowatts/hora).

Aproveitando o exemplo do chuveiro, se ele for utilizado todos os dias do mês durante 1 hora por dia, o cálculo será o seguinte:

(7.700 W x 30 d x 1 h) / 1.000 W = 231.000 W / 1.000 W = 231 kWh

Com isso, é possível calcular o consumo de qualquer aparelho elétrico, mesmo que o dispositivo não venha com o seu consumo descrito em W, já que o cálculo é bem simples.

Qual é o consumo de cada aparelho utilizado em uma casa?

Essa especificação varia muito de acordo com cada modelo de aparelho. Todos eles são variáveis, desde uma televisão até a geladeira e a máquina de lavar roupas, por exemplo.

Porém, a seguir você encontra o consumo médio de vários equipamentos utilizados no cotidiano, com o respectivo tempo médio de uso e os dias utilizados por mês, para que seja possível entender como se chega àquela quantidade de kWh na sua conta de energia elétrica.

As informações estão dispostas no seguinte formato: aparelho / potência média (W) / dias de uso por mês / tempo médio de utilização por dia / consumo médio mensal (kWh).

  • Ar condicionado 12.000 BTU / 1.450 W / 30 d / 8 h / 174 kWh
  • Aspirador de pó / 100 W / 30 d / 20 min / 10 kWh
  • Cafeteira elétrica / 100 W / 30 d / 1 h / 30 kWh
  • Chuveiro elétrico / 5.500 W / 30 d / 40 min / 110 kWh
  • Ferro de passar / 1.000 W / 12 d / 1 h / 12 kWh
  • Geladeira 2 portas / 250 W / 30 d / 10 h / 75 kWh (o equipamento não fica com o motor ligado ininterruptamente, o qual é acionado quando a temperatura aumenta)
  • Lâmpada fluorescente / 15 W / 30 d / 8 h / 3,6 kWh
  • Lâmpada fluorescente / 20 W / 30 d / 8 h / 4,8 kWh
  • Lavadora de roupas / 1.500 W / 12 d / 1 h / 18 kWh
  • Secadora de roupas / 3.500 W / 12 d / 1 h / 42 kWh
  • Torneira elétrica / 3.500 W / 30 d / 30 min / 52,5 kWh
  • Ventilador / 100 W / 30 d / 8 h / 24 kWh

Para saber o consumo de qualquer outro equipamento, basta utilizar a fórmula que vimos anteriormente: (potência x dias de uso x tempo de uso por dia) / 1.000 W.

Qual é o impacto do consumo no valor da conta de energia elétrica?

Agora, chegou um dos momentos mais importantes: compreender como todos esses números interferem no preço que você terá que pagar pela conta de luz. Aqui, não há como fazer uma única fórmula, já que cada distribuidora de energia elétrica cobra um valor diferente por kWh, o que também varia de acordo com o estado e a região do país.

Conta de energia(GP1)

De acordo com a Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL), o preço médio do kWh no Brasil é de R$ 0,531. O valor pode ser usado para fins de cálculo, mas o ideal é pesquisar na internet qual é a tarifa da distribuidora que atende sua casa.

Suponhamos que você tenha feito todos os cálculos da sua casa e, então, descoberto que o consumo é de 230 kWh. Então, o valor será o seguinte: 230 kWh x R$ 0,531 = R$ 122,13.

Esse será o valor do seu consumo de energia elétrica, mas, além dele, também há que se considerar os tributos e demais elementos, como taxa de iluminação pública, ICMS, PI/PASEP e Cofins, além das bandeiras tarifárias, que podem ou não estar em vigência de acordo com cada mês.

Calcule o consumo de seus equipamentos e economize na conta de energia!

Depois de entender como é feito o cálculo de consumo de energia elétrica dos aparelhos da sua casa, a conta de luz não parecerá mais um grande mistério, mas sim uma confluência de dados calculados minuciosamente.

Agora, aproveite esse conhecimento para economizar na sua conta residencial e até mesmo para ajudar na escolha ao alugar geradores, caso tenha que fazê-lo para seu estabelecimento ou para um evento especial. Dessa forma, você pode poupar para o seu bolso e também ajudar na preservação dos recursos hídricos do país!

*Via assessoria.

Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.